Garis de Salvador voltam a reclamar de descarte incorreto do lixo: “cortei minha mão com piso”

Os garis e margaridas voltaram a reclamar da falta de consciência de parte da população soteropolitana que descarta de forma irregular o lixo e com isso, causa ferimentos aos trabalhadores.

Na noite de quarta-feira (07/10), um profissional de limpeza relatou ao Informe Baiano que “virou rotina” acidentes durante a coleta do lixo. “Semana passada, antes desse vídeo do colega, eu fui pegar um saco de náilon e cortei minha mão. Cortei minha mão com piso! Quando fui ver, foi um pedaço de piso. Imagine aí? Tava misturado com lixo doméstico, véi. O colega aqui também já se feriu com pedaço de vidro. O povo não tá nem aí pra nada, não olha o lado do próximo”, desabafou.

Representante da categoria, o vereador petista Luis Carlos Suíca lembra que o cuidado deve ser redobrado neste período de pandemia do novo coronavírus.

“Temos que ajudar neste caso, passamos por uma crise sanitária em todo o mundo. É fundamental que a gente coloque as seringas dentro de garrafas pets, por exemplo, para evitar acidentes. Os trabalhadores acabam se ferindo. Recebi vídeos onde uma seringa foi descartada irregularmente e o trabalhador teve de ir para o hospital, ser submetido a exames e tomar coquetéis para evitar doenças. É muito importante que a gente ajude, pois os garis e margaridas estão todos os dias nas ruas promovendo saúde e bem-estar da população, enfrentam o coronavírus na linha de frente”, destaca Suíca.

O vídeo citado pelo edil viralizou nas redes sociais, na última sexta-feira (02/10), após um gari relatar que um colega de profissão foi pegar os sacos de lixos e acabou furado por uma seringa descartada irregularmente. Assista Abaixo:

Sem máscara, secretário de Saúde participa de feijoada e show de Magary Lord em Salvador

Aos veículos de comunicação, o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, cobra diariamente da população o uso de máscara e o respeito as normas sanitárias, a exemplo...

Consumidores podem renegociar dívidas por meio do Consumidor.gov até o dia 29 de novembro

Mais uma alternativa para renegociar e parcelar dívidas com instituições financeiras. É o que a plataforma Consumidor.gov.br oferece aos cidadãos até o fim deste mês. Os devedores poderão solicitar...