Bahia implementa o primeiro Plano Estadual de Comunicação do país

A partir desta quinta-feira (22), a Bahia passa a contar com o Plano Estadual de Comunicação aprovado em sessão plenária pelo Conselho Estadual de Comunicação Social da Bahia. Durante videoconferência na manhã desta quinta, o secretário de Comunicação Social do Estado e presidente do Conselho de Comunicação, André Curvello, assinou documento autorizando a imediata aplicação do plano.

Esta é uma iniciativa inédita no Brasil e o documento é fruto de amplo debate entre Governo do Estado, sociedade civil, entidades de classe, sindicatos, empresas de comunicação, trabalhadores e associações.

Segundo André Curvello, o Plano Estadual de Comunicação representa significativa contribuição para a democratização da comunicação, além de garantir o acesso do cidadão à informação. “O Plano significa mais uma etapa de consolidação de um processo democrático que a Bahia tanto valoriza. A Bahia sempre defendeu a democracia, a liberdade de expressão e comunicação. O Plano é feito pelo Conselho Estadual de Comunicação que tem representantes de diversos segmentos da sociedade e foi construído por eles. Registro meus parabéns a eles (conselheiros) e com isso a Bahia sai na frente por ter esse plano inédito no Brasil e nos coloca, mais uma vez, em posição de vanguarda”.

Membro do Conselho Estadual de Comunicação, Adelmo Assis, destacou o trabalho realizado de forma conjunta. “Acredito que a elaboração e aprovação desse plano servirá de exemplo para todo o Brasil. O texto foi elaborado através de diversas conversas e contribuições de entidades de diversos segmentos. Acreditamos que agora colocaremos em prática essa decisão e tudo que compõe esse documento. É um plano valoroso e conseguimos inaugurar uma nova etapa que avança para além do que está escrito no documento”.

O Plano Estadual de Comunicação Social é uma demanda prevista na constituição baiana e que vinha sendo trabalhado desde 2015. O documento recebeu contribuições de todos os segmentos sociais, representados no Conselho, e tem entre seus objetivos normatizar e orientar todas as ações nas diversas frentes da comunicação.

O Conselho

O Conselho de Comunicação Social do Estado foi regulamentado em maio de 2011 e teve o regimento interno aprovado em março de 2012. A Bahia é pioneira na criação do órgão, previsto na Constituição Federal de 1988 e também nas constituições estaduais.

De caráter consultivo e deliberativo, o conselho é integrado por 27 membros, sendo sete do poder público e 20 da sociedade civil. Fazem parte das funções do órgão a proposição de medidas para o aperfeiçoamento da Política Estadual de Comunicação Social, a atuação em defesa dos direitos da sociedade baiana ligados ao segmento e a articulação de ações para que a distribuição das verbas publicitárias do Estado seja baseada em critérios técnicos de audiência com garantia da diversidade e pluralidade.

Travesti esfaqueia ladrão na Boca do Rio

Um ladrão se deu mal na noite deste domingo (28/02), no bairro da Boca do Rio, em Salvador. De acordo com um leitor em contato com o Informe...

Na luta contra a Covid-19, Adolfo suspende todas as atividades na ALBA

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, deputado Adolfo Menezes seguiu a determinação do governador Rui Costa e decretou hoje (28/02) a suspensão de todas...

Geraldo decide suspender expediente presencial na Câmara de Salvador por 48h

Diante da grave crise com o aumento do número de mortes na Bahia, o presidente da Câmara de Salvador, vereador Geraldo Júnior (MDB), publicará no Diário Oficial...

Operação prende dois por furto de energia em Sobradinho

Três pessoas foram presas no povoado Correnteza, zona rural de Sobradinho, durante a Operação Força do Rio, deflagrada, na sexta-feira (26), pela 17a Coordenadoria Regional de Polícia...