Praia de Itacimirim é terceira na Bahia a ganhar Bandeira Azul

Itacimirim é a mais nova praia a receber o selo Bandeira Azul, em reconhecimento à preservação ambiental. Agora, na Bahia, serão três praias certificadas pela Foundation for Environmental Education (FEE) e pelo Instituto Ambientes em Rede. As primeiras praias a ganhar o selo foram Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe, na Ilha dos Frades, em Salvador, e Guarajuba, em Camaçari.

A 48 quilômetros do aeroporto de Salvador, Itacimirim também está localizada no litoral do município de Camaçari, e integra a zona turística Costa dos Coqueiros, que compreende outros famosos destinos, a exemplo de Praia do Forte, Imbassaí, Sauípe e Mangue Seco.

Bandeira Azul é um prêmio, com revisão anual, concedido a praias, marinas e embarcações de turismo. Dentre os critérios analisados para a concessão do selo estão gestão ambiental, qualidade da água, educação ambiental, segurança, serviços, turismo sustentável e responsabilidade social.

Na última reunião do Júri Internacional Bandeira Azul, realizada em formato on-line, no último dia 6 de outubro, cinco novas praias brasileiras foram aprovadas e outras 13 tiveram o selo renovado.

Peregrinação de Bolsonaro por partido continua e agora presidente quer PSC

O presidente Jair Bolsonaro sinalizou nos bastidores que agora sua intenção é retornar ao Partido Social Cristão (PSC) para ser o candidato dos evangélicos em 2022. Ele já...

Deputado João Bacelar destina 50 respiradores para Salvador

O deputado federal João Carlos Bacelar (PL) disse que está empenhado no combate à Covid-19 e em levar verbas para a Bahia. Nesta quarta-feira (03/03), um ex-assessor...

Jonga Bacelar sobre Operação Falso Negativo: “Não tutelo nem minha mulher, quanto mais ex-assessor”

Procurado pelo Informe Baiano, o deputado federal Jonga Bacelar (PL) disse nesta quarta-feira (03/03) que "não tenho nada a ver com isso”. A declaração é em relação...

Grade de proteção quebra após confusão e sete estudantes morrem em universidade

Sete estudantes da Universidade Pública de El Alto (Upea), na Bolívia, morreram na terça-feira (02/03). Havia dezenas de pessoas encostadas em uma grade de proteção, que quebrou...