Criança de 11 anos é chamada de “macaca” e ameaçada de morte após ter página invadida

Uma menina de 11 anos teve a página nas redes sociais invadida e sofreu ameaças de morte, além de xingamentos. A família, que é do Rio de Janeiro, fez um boletim de ocorrência e o caso ocorrido no dia 11 de outubro é investigado pela Polícia Civil.
A criança perdeu o acesso ao login da conta, que foi renomeada para “Canal da Macaca Magrela”. “Eu vou te achar e te matar”, escreveu o criminoso.

Após o episódio, a menina relatou ao G1 que está com medo de sair de casa. “A gente não sabe como é a pessoa, não sabe a intenção dela”, disse.

O delegado Pablo Sartori responsável pelo caso disse que a quebra do sigilo eletrônico já foi feito para tentar rastrear todos os endereços que tiveram acesso ao perfil da menina. Ainda conforme o policial, o responsável pela invasão pode responder pelos crimes de ameaça, injúria racial e difamação. As penas podem chegar a 4 anos de prisão.

Preços de gasolina, diesel e gás aumentam hoje nas refinarias

Gasolina, óleo diesel e gás de cozinha passam a custar mais caro hoje (2) nas refinarias da Petrobras. O litro da gasolina ficou R$ 0,12 mais caro...

Motoristas por aplicativo e taxistas podem ser inclusos como serviço essencial em Salvador

Em meio à uma nova onda de infecções durante a pandemia da Covid-19 em Salvador, a Prefeitura determinou o funcionamento apenas de serviços essenciais, conforme estabelecido pelo...

Prefeitura de Simões Filho alerta a população sobre descarte do lixo infectado por Covid

A rotina mudou com a pandemia de saúde do novo Coronavírus e alguns cuidados precisam ser adotados, entre eles está a melhor forma de descartar o lixo...

IPC-S sobe em seis capitais brasileiras em fevereiro, diz FGV

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu em seis das sete capitais pesquisadas pela Fundação Getulio Vargas (FGV), na passagem de janeiro...