Letieres Leite & Orkestra Rumpilezz ecoam música afro-baiana no Domingo no TCA

No Mês da Consciência Negra, o Teatro Castro Alves (TCA) traz ao Domingo no TCA um dos mais ilustres nomes da representação da música afro-baiana: Letieres Leite & Orkestra Rumpilezz. O projeto exibe no canal de YouTube do TCA, no dia 29 de novembro, às 11h, o registro em vídeo de um concerto realizado na Filadélfia, no Temple University Performing Arts Center (TPAC), em agosto de 2015, em que o público estadunidense presenciou, pela primeira vez, a poderosa magia musical do conjunto.

A big band instrumental de percussão e sopro, com seus 20 integrantes, juntou-se ao pianista e compositor de jazz afro-cubano Arturo O’Farrill e ao trompetista, compositor e aventureiro musical Steven Bernstein em uma noite inesquecível com uma plateia em êxtase. O vídeo ficará no ar até 20 de dezembro.

- publicidade -

Nesta primeira turnê pelos Estados Unidos, a Orkestra Rumpilezz também se apresentou em Nova Iorque, Miami, San Francisco e San Jose, levando suas raízes rítmicas afro-baianas traduzidas na harmonização do jazz. Criada em 2006 pelo instrumentista e compositor Letieres Leite, a Rumpilezz foi consagrada como o maior vencedor da edição 2017 do Prêmio da Música Brasileira, com Melhor Grupo Instrumental, Melhor Álbum Instrumental e Melhor Arranjador para Letieres Leite. O grupo é também vencedor de outas premiações, a exemplo do Prêmio Bravo! como Melhor Álbum Popular e da edição 2010 do Prêmio da Música Brasileira em duas categorias, Revelação e Melhor Grupo Instrumental.

Suas composições, concebidas a partir das claves e desenhos rítmicos do chamado Universo Percussivo Baiano (UPB) – termologia observada e desenvolvida pelo maestro Letieres –, têm entre as referências histórico-musicais as agremiações percussivas como Ilê Aiyê e Olodum, os sambas do Recôncavo e o culto sagrado do Candomblé.

Em sua estrutura, a Orkestra conta com cinco músicos de percussão, que passeiam por instrumentos como surdo, timbau, caixa, agogô, pandeiro e caxixi, e 15 músicos de sopro, compondo os quatro naipes de trompete, trombone, saxes (alto, soprano e tenor) e flautas e baixos (tuba, sax barítono e trombone baixo).

O vídeo exibido no Domingo no TCA é uma produção da PhillyCAM: Public Access Television Cablecast da Filadélfia. O show é uma parceria da Philadelphia Jazz Project, WRTI Radio e GingaP Culture Business. Agradecimentos especiais a Philadelphia Jazz Project, WRTI, PhillyCAM, AfroTaino, Taller Puertorriqueño, Intercultural Journeys, Jesse Bermudez, Another Holiday For Skins, Scribe Video Center, Afro Latin Jazz Alliance, Temple Performing Arts Center (TPAC) e Painted Bride Art Center.

Domingo no TCA

O Domingo no TCA é uma iniciativa do Teatro Castro Alves, Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) e Secretaria de Cultura do Estado (Secult), que se compromete em ampliar e diversificar o seu público frequentador, oferecendo-lhe acesso a espetáculos qualificados, das mais diversas linguagens artísticas. Desde 2007, com mais de 150 edições e cerca de 200 mil espectadores, o projeto engloba apresentações de música, teatro, dança, circo, cinema, de variados estilos e proposições estéticas, da Bahia, do Brasil e do mundo.

PRF prende homem logo após assaltar um ônibus em trecho baiano da BR 324

Na madrugada de hoje (30), um homem de 23 anos foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) logo após assaltar um ônibus em trecho baiano da BR...

Suco detox de maçã e limão para emagrecer enquanto dorme

Sim, leu bem. Há um suco verde com maçã, limão, pepino, hortelã e limão que ajuda a depurar o organismo e a desintoxicar o corpo enquanto dorme. Embora...

Escolas estaduais têm até o dia 10 de dezembro para se inscrever na 9ª Feciba

A Secretaria da Educação do Estado prorrogou, até o dia 10 de dezembro, o prazo para que as escolas da rede estadual de ensino possam fazer a...

Submetralhadora falsa é encontrada com traficante em Nova Esperança

Uma submetralhadora de brinquedo foi encontrada com um traficante de drogas, na tarde desta segunda-feira (30/11), por equipes das Rondas Especiais (Rondesp) Atlântico. Além da arma falsa...