Designer gráfico é morto na Boca do Rio e família suspeita de crime de homofobia

O corpo do designer gráfico Wendel Moura dos Santos, 35 anos, foi encontrado pela família no Instituto Médico Legal Nina Rodrigues, em Salvador. A vítima havia saído para pedalar e não retornou para casa. Ele foi socorrido pela Polícia Militar para uma unidade médica após ser localizado ferido, na Avenida Otávio Mangabeira, nas proximidades das quadras da Boca do Rio. Na ocasião, dois homens foram presos com uma arma.

O corpo do rapaz tinha várias marcas de tiro e a Polícia Civil informou que investiga o caso como suspeita de latrocínio. Amigos e familiares de Wendel suspeitam que pode ter sido vítima de crime de homofobia, já que ele era homossexual. O local, conforme o Grupo Gay da Bahia (GGB), é conhecido por encontros casuais para sexo entre homens, a famosa “pegação”.

A 2ª DH/Central, unidade do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), investiga o caso.

Briga entre presidiárias em Feira de Santana termina com cela incendiada e 4 feridas

Uma briga entre detentas no Conjunto Penal de Feira de Santana terminou com uma cela incendiada, na quinta-feira (04/03). Quatro mulheres participaram da confusão e duas tocaram...

Projeto de Paulo Magalhães Jr inclui pacientes com câncer na lista de prioridade da vacina

Indicação também inclui em grupo prioritário profissionais que dão manutenção em máquinas de diagnóstico O líder do governo na Câmara Municipal de Salvador, vereador Paulo Magalhães Jr (DEM),...

“A festa pode esperar; a vida, não!” desabafa Rui

Nesta quinta-feira (04/03), o governador Rui Costa fez uma live/entrevista com mais de 80 veículos de comunicação da capital e do interior do Estado para atender a...

PEC Emergencial permitirá recriação do Auxílio Emergencial; entenda

Aprovada pelo Senado e prestes a ir à Câmara dos Deputados, a proposta de emenda à Constituição emergencial (PEC Emergencial) prevê a recriação do auxílio emergencial em...