Pesquisadores da UNB estudam proteína capaz de proteger os pulmões

Várias substâncias já foram testadas no tratamento da Covid-19. Um estudo da Universidade de Brasília aponta uma proteína conhecida pelos especialistas que pode ser promissora contra os sintomas e evitar complicações clínicas da infecção pelo novo coronavírus.

O doutor em virologia molecular e docente do Departamento de Farmácia da UnB, Enrique Argañaraz,explica como aproteína alfa-1-anti tripsinaageno corpo humano.

Aalfa-1 antitripsinaé produzida no fígado e tem como função proteger os pulmões de inflamaçõe se também de infecção viral, como o HIV, por exemplo.

O pesquisador integra um grupo que já havia trabalhado com essa proteína em pesquisas relacionadas ao HIVeagora pretendem verificar a eficácia dela contra o SARS-Cov-2.

Por enquanto, o estudo foi realizado a partir deumarevisão científica.Os pesquisadores analisaramos resultados de pesquisa da UnB e publicações de artigos científicos sobre onovo coronavírus.Paraavançar para a segunda etapa, em laboratório, os pesquisadores precisam de investimentos.