Com brasileiros, Emirados Árabes naturaliza estrangeiros para ir à Copa do Mundo

A ida da próxima Copa do Mundo para uma nação do Oriente Médio, o Catar, fez outro país da região preparar um plano ousado para reforçar a seleção. Os Emirados Árabes Unidos iniciaram nos meses finais de 2020 um mutirão inédito para naturalizar estrangeiros que há tempos estão na liga local. O objetivo é melhorar o nível da equipe. E os brasileiros são a mão de obra preferida.

O país conhecido pela riqueza das cidades de Dubai e Abu Dabi conta agora na seleção com nomes bem brasileiros. Neste ano, passou a contar com o meia Fábio Lima e o atacante Caio Canedo. Já em 2020, o primeiro reforço internacional foi o argentino Sebastián Tagliabúe, que até já disputou competições oficiais. A lista deve aumentar pelos próximos anos, assim que outros jogadores conseguirem a documentação necessária.

A Fifa determina que um atleta só possa defender outra seleção se tiver no mínimo cinco anos de residência no país. Essa atitude foi tomada há cerca de dez anos justamente para frear o processo desenfreado de “importação” de talentos.

Porém, logo depois de um jogador atingir esse prazo mínimo, dirigentes já tentam resolver logo a burocracia. Conseguir naturalizar um brasileiro significa ao clube ter uma vaga a mais para acomodar outros estrangeiros no elenco.

O atacante Caio Canedo, de 30 anos, foi revelado pelo Volta Redonda, teve passagens por Botafogo e Internacional e está nos Emirados Árabes desde 2014, quando chegou ao Al-Wasl. A oportunidade para jogar pela seleção veio na última terça-feira. A equipe realizou um amistoso contra o Iraque e ele já foi titular. O jogo terminou 0 a 0.

Peregrinação de Bolsonaro por partido continua e agora presidente quer PSC

O presidente Jair Bolsonaro sinalizou nos bastidores que agora sua intenção é retornar ao Partido Social Cristão (PSC) para ser o candidato dos evangélicos em 2022. Ele já...

Deputado João Bacelar destina 50 respiradores para Salvador

O deputado federal João Carlos Bacelar (PL) disse que está empenhado no combate à Covid-19 e em levar verbas para a Bahia. Nesta quarta-feira (03/03), um ex-assessor...

Jonga Bacelar sobre Operação Falso Negativo: “Não tutelo nem minha mulher, quanto mais ex-assessor”

Procurado pelo Informe Baiano, o deputado federal Jonga Bacelar (PL) disse nesta quarta-feira (03/03) que "não tenho nada a ver com isso”. A declaração é em relação...

Grade de proteção quebra após confusão e sete estudantes morrem em universidade

Sete estudantes da Universidade Pública de El Alto (Upea), na Bolívia, morreram na terça-feira (02/03). Havia dezenas de pessoas encostadas em uma grade de proteção, que quebrou...