Camaçari tem a primeira pessoa vacinada para Covid-19

Dia de festa em Camaçari, que já conta com a primeira pessoa vacinada para a Covid-19. O ato aconteceu em entrevista coletiva realizada para apresentação do Plano Municipal de Vacinação Contra Covid-19, nesta terça-feira (19/1), no auditório da Secretaria de Governo (Segov) com a participação do vice-prefeito, José Tude, e do secretário da Saúde, Elias Natan.

A primeira pessoa vacinada no município é técnica de enfermagem, Ednalva Sousa Santos, 54 anos, moradora de Arembepe, com hipertensão e diabetes, que trabalha na linha de frente, na Unidade de Pronto Atendimento Gleba A/Gravatá. Ela ainda recebeu uma homenagem representando todos os profissionais de saúde.

A técnica de enfermagem, Ednalva, contou como soube que seria a primeira pessoa a receber a vacina em Camaçari. “Estava em casa ontem (18/1) de noite, quando minha chefa me ligou, dizendo que eu seria a primeira imunizada. Eu fiquei muito ansiosa e ao mesmo tempo alegre, já que sou grupo de risco. Estou mais aliviada e vou trabalhar com mais tranquilidade” afirmou.

O secretário da Saúde de Camaçari, Elias Natan, apresentou o Plano Municipal de Vacinação Contra Covid-19 e fez questão de agradecer aos profissionais da Saúde, além de falar sobre o momento, “Essa pandemia, de alguma forma, afastou muito a gente. Hoje é um dia de esperança para Camaçari, é dia que vislumbra-se a possibilidade da gente voltar a nossa vida cotidiana”. Na oportunidade, ela inda lembrou do importante papel da imprensa, no compromisso social de levar as informações e acabar com Fake News.

Inicialmente, Camaçari recebeu 2.040 doses da CoronaVac enviadas pelo Ministério da Saúde, que terão as primeiras quantidades aplicadas em igual número de pessoas. O mesmo quantitativo já está retido na Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) para ser aplicada a segunda dose.

A aplicação do imunizante começa ainda na tarde desta terça-feira com a equipe que, na quarta-feira (20/1), estará cumprindo a agenda de vacinação nas unidades de pronto atendimento, hospitais e instituições de longa permanência para idosos. Já que os grupos priorizados na 1ª fase, segundo orientação do informe técnico da Campanha Contra Covid-19 do Ministério da Saúde, são: profissionais de saúde da linha de frente de atendimento à população e idosos residentes em unidades de longa permanência. Esse público será vacinado no local de trabalho ou onde residam e as visitações ocorrerão todos os dias da semana, em seis roteiros, até a finalização.

O vice-prefeito, José Tude, falou sobre a importância do momento, “é isso que Camaçari está fazendo nesse dia histórico, dando a saída para o fim da pandemia por Covid-19. Mas, apesar dessa euforia, nós não podemos e nem devemos relaxar, temos que continuar tendo todos os cuidados que tivemos até agora, redobrados, justamente porque estamos vivendo um momento de crescimento da pandemia em função das festas de fim de ano”. Ao final, ele ainda passou uma mensagem à população, “tenham certeza, que o nosso governo, o prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo, está atento a todos os procedimentos para que essa vacina venha ser aquilo que todos nós queremos, a solução para a pandemia da Covid-19”.

Estavam presentes os subsecretários da Saúde, Luiz Duplat, o presidente do Conselho Municipal de Saúde (CMS), Paulo Costa, secretários e vereadores municipais, além de representantes do 12º Batalhão da Polícia Militar da Bahia. Na próxima quarta-feira haverá ainda a apresentação do plano para o CMS.

PLANO MUNICIPAL DE VACINAÇÃO CONTRA COVID-19

Elaborado pela Prefeitura de Camaçari, por intermédio da Secretaria da Saúde (Sesau), o esquema tem como meta estabelecer as ações e estratégias para a operacionalização da vacinação no município. Entre as estratégias para a operacionalização da vacinação no município. Entre as estratégias previstas estão: a vacinação por etapas, priorizando grupos específicos a cada fase, de acordo com critérios de risco e vulnerabilidade; e a centralização do local de vacinação.

As doses serão aplicadas a grupos prioritários, em quatro fases de vacinação, totalizando 48.657 pessoas vacinadas. A primeira fase ainda contempla os demais profissionais de saúde, idosos acima de 75 anos e quilombolas. Na segunda fase, serão vacinadas pessoas de 60 a 74 anos. Na terceira, pessoas em situação de rua, pessoas com deficiência e portadores de comorbidades. Na quarta e última fase, forças de segurança e salvamento, funcionário do sistema de privação de liberdade, trabalhadores educacionais, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo, rodoviário e metroferroviário de passageiros, e população privada de liberdade.

Camaçari prevê duas unidades centrais que funcionarão provisoriamente na Unidade de Saúde da Família (USF) do Ponto Certo, na sede, e a outra na USF de Barra do Jacuípe, na costa, que posteriormente serão substituídas por fixas, instaladas no antigo Centro Especializado em Reabilitação (CER), na sede, e em Barra do Jacuípe, na atual sede do Distrito Sanitário. O funcionamento dos centros acontecerá todos os dias da semana inclusive aos domingos e feriados, das 8h às 17h. Serão, no total, entre sede e costa, 10 salas de vacinação, podendo ser ampliada conforme a necessidade. Os insumos, como seringas, agulhas e demais materiais já estão garantidos e em quantidade suficiente para atender a demanda.

Funcionários da LG entram em greve por manutenção de empregos

Os trabalhadores da fábrica da LG em Taubaté, no interior paulista, entraram em greve para que a empresa mantenha 430 postos de trabalho. Na semana passada, a LG...

Vinte quilos de maconha são apreendidos em Senhor do Bonfim

A droga estava enterrada numa plantação de aipim, localizada em uma chácara, onde também foram apreendidos dinheiro, cocaína e balanças Vinte quilos de maconha, uma porção de...

Inflação acelera para todas as faixas de renda em março, diz Ipea

Pelo segundo mês consecutivo, o Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda registrou, em março, alta da taxa para todas as faixas de renda. As famílias...

ALBA: Projeto cria Programa de Prevenção de Violências autoprovocada ou autoinfligida

A Bancada do Partido dos Trabalhadores da Assembleia Legislativa da Bahia propôs a criação do Serviço de Acolhimento Emergencial em Saúde Mental para policiais civis e militares...