Kiki Bispo quer incluir população em situação de rua e agentes sociais entre prioritários para vacinação

Em função da atividade fundamental dos agentes sociais para auxiliar a população mais carente a enfrentar os impactos socioeconômicos causados pela Covid 19, o secretário municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre), Kiki Bispo, solicitou à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) a inclusão da a população em situação de rua e dos trabalhadores da área social entre os grupos prioritários para a imunização.

“Encaminhei dois requerimentos o secretário [municipal de Saúde] Leo Prates. O primeiro para que a população em situação de rua fosse colocada como prioridade nesse processo de vacinação e o segundo para que os agentes sociais, também, fossem incluídos. As equipes estão nas ruas, expostas, em todo esse período de pandemia, estão caminhando lado a lado com a saúde, e entendo que essa categoria faz jus também. Claro que o Ministério da Saúde determina as fases e os momentos de cada categoria, mas o secretário da Saúde e o prefeito Bruno Reis que será feito um encaminhamento ao Ministério da Saúde para que essas duas categorias sejam inseridas nas prioridades”, destacou Kiki Bispo.

O secretário de Promoção Social de Salvador recebeu, na tarde de quarta-feira (20), representantes do Movimento Nacional da População em Situação de Rua. A prioridade na vacinação em pauta no encontro. “Caminharemos com o movimento na construção de políticas para esse público. Ninguém mais legítimo do que eles para levantarem esse debate. Continuaremos com esse canal de diálogo aberto para que avancemos na assistência social no nosso Município”, defendeu Kiki Bispo.

Em decreto publicado no Diário Oficial, em março de 2020, as secretarias da Saúde e de Promoção Social foram destacadas pelo Município como “prioritárias” no combate à pandemia. Desde então, foram intensificadas as ações para atender a população em situação de vulnerabilidade e risco social, com serviços funcionando nos finais de semana e feriados.
Os técnicos da Sempre realizam atendimentos e encaminhamentos para benefícios socioassistenciais para famílias e indivíduos carentes através dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), Centros Pop, Unidades de Acolhimento Institucionais e Emergenciais, Centros de Referência Especializados da Assistência Social (CREAS), restaurantes populares, Abordagem Social, entre outros, e atuam em conjunto com outros órgãos municipais para minimizar os impactos socioeconômicos causados pela pandemia.

Funcionários da LG entram em greve por manutenção de empregos

Os trabalhadores da fábrica da LG em Taubaté, no interior paulista, entraram em greve para que a empresa mantenha 430 postos de trabalho. Na semana passada, a LG...

Vinte quilos de maconha são apreendidos em Senhor do Bonfim

A droga estava enterrada numa plantação de aipim, localizada em uma chácara, onde também foram apreendidos dinheiro, cocaína e balanças Vinte quilos de maconha, uma porção de...

Inflação acelera para todas as faixas de renda em março, diz Ipea

Pelo segundo mês consecutivo, o Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda registrou, em março, alta da taxa para todas as faixas de renda. As famílias...

ALBA: Projeto cria Programa de Prevenção de Violências autoprovocada ou autoinfligida

A Bancada do Partido dos Trabalhadores da Assembleia Legislativa da Bahia propôs a criação do Serviço de Acolhimento Emergencial em Saúde Mental para policiais civis e militares...