Dayane diz que Bolsonaro está “no auge da sua insanidade” e descarta apoio em 2022

A deputada federal Professora Dayane Pimentel usou as redes sociais nesta sexta-feira (05/02) para negar qualquer possibilidade de apoiar a reeleição do presidente Jair Bolsonaro, que deve filiar-se ao PP, Patriota ou Republicanos. A mensagem foi publicada no Twitter da parlamentar.

“Quero deixar claro q não apoiarei Bolsonaro em 2022. As peças na política podem se movimentar de acordo as próprias conveniências, mas eu seguirei de acordo a lucidez. Deixei de apoiar esse presidente no auge de sua popularidade, enquanto outros o apoiam no auge da sua insanidade”, afirmou Dayane.

Seguidores da líder do PSL na Bahia apoiaram a decisão: “Que coragem! Parabéns! Tb acredito q a alternativa seja uma boa candidatura de centro direita. Precisamos oferecer uma alternativa viável para o povo fugir da armadilha em q os bolsopetistas querem nos colocar em 2022”, escreveu Márcia Guimarães.

Defensor da Lava-jato, Luciano Souza disparou: “Só por isso terá meu voto e de quem eu puder pedir NOVAMENTE. Apoiar esse homem é continuar no absurdo!”.

Zoonoses vacinou 290 pets neste final de semana em Simões Filho

A Prefeitura de Simões Filho, por meio da Secretaria de Saúde, realizou neste final de semana, a vacinação antirrábica em 290 pets (cães e gatos). As atividades...

Nubank vai aumentar limite do cartão de crédito para 35 milhões de clientes

O Nubank nasceu para melhorar o sistema financeiro e devolver às pessoas o controle sobre seu dinheiro. É com essa missão em mente que ficamos muito felizes de anunciar...

Félix descarta possibilidade de Zé Ronaldo filiar-se ao PDT

Presidente estadual do PDT, o deputado federal Félix Mendonça Júnior negou, em conversa com o Informe Baiano nesta segunda-feira (02/08), a possibilidade do ex-prefeito de Feira de...

Assassina e líder do tráfico localizados em ação da Coorpin de Santo Antônio de Jesus

Uma mulher apontada como autora do homicídio de Kleber Paulo de Jesus Assis teve o mandado de prisão preventiva cumprido, no sábado (1°), por investigadores da 4a...