Travesti morta por cliente que discordou do valor do programa em Araci

Uma travesti discutiu com um cliente por causa do valor cobrado pelo programa e acabou morta, na cidade de Araci, a 220 quilômetros de Salvador. Ela recebeu várias facadas perto de um motel, no bairro de Condel, na sexta-feira (12/02).

A vítima, identificada pelo nome civil Flávio Alves de Souza, 27 anos, chegou a ser socorrida pelo Serviço Médico de Urgência (Samu), mas não resistiu.

O assassino foi preso em flagrante por policiais da delegacia de Araci, horas após o crime, quando saía de casa. O marginal confessou o homicídio e ainda revelou que após uma discussão foi em casa e pegou a faca. A moto dele e a arma branca foram apreendidas. O acusado está à disposição da Justiça.

Recorde de mortes por Covid-19 no Brasil

O número de pessoas que não resistiram à covid-19 chegou a 251.498 nesta quinta-feira. Em 24 horas, foram registradas 1.541 mortes. Em contrapartida, 9.323.696 pessoas se recuperaram...

Bahia ganha do Santos e garante última vaga da Sul-Americana

O Bahia ganhou do Santos na noite desta quinta-feira (25/02) na Arena Fonte Nova e termina o campeonato brasileiro na 14a posição com 44 pontos. Com o...

Flamengo é octacampeão brasileiro

O Flamengo perdeu para o São Paulo no Morumbi na noite desta quinta-feira (25/02), mas graças ao empate do Inter diante do Corinthians, garantiu o título brasileiro....

Governo entrega mais 10 mil máscaras para povos e comunidades tradicionais da Bahia

O Governo do Estado enviou, nesta terça-feira (23), 10 mil máscaras reutilizáveis de tecido para serem distribuídas a povos e comunidades atendidas pelos programas da Secretaria de...