Geomanta traz segurança a famílias em Vale do Matatu

Embora Salvador ainda não esteja no período mais chuvoso – historicamente ocorre a partir de março até junho -, a cidade segue se preparando com ações preventivas e de redução de desastres. A Prefeitura entregou, nesta sexta-feira (12), a primeira geomanta de 2021, em Matatu de Brotas, em cerimônia simbólica com as presenças do prefeito Bruno Reis; da vice-prefeita e secretária de Governo (Segov), Ana Paula Matos; e do diretor geral da Defesa Civil (Salvador), Sosthenes Macêdo.

Formada por um composto de PVC e geotêxtil com cobertura de argamassa jateada, a nova geomanta possui 190,60 m² e vai beneficiar 20 famílias que vivem na área, considerada de alto risco, trazendo mais tranquilidade. Isso porque a tecnologia é capaz de impermeabilizar o talude evitando erosões superficiais, absorção de águas da chuva e possível risco de deslizamento do terreno. O investimento foi de R$26,3 mil.

“Essa tecnologia implantada em Salvador nos permitiu proteger 204 áreas desde 2016 até agora. É uma solução que garante mais segurança aos moradores e que se somam a outras 100 contenções de encostas definitivas que fizemos na cidade. Embora a capital baiana não esteja imune a problemas, ela está muito mais preparada”, afirmou Bruno Reis.

O prefeito acrescentou que, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o município possui 1.040 áreas de risco, e que 46% da população vive próximo a encostas. “Salvador tem uma topografia irregular, marcada por vales, declives, por regiões montanhosas. Muitas pessoas, por falta de alternativa, constroem casa na encosta. Por isso, a Prefeitura vem realizando intervenções como essas aplicações de geomantas para salvar vidas”.

Ainda na ocasião, o chefe do Executivo municipal entregou duas escadarias drenantes no próprio Vale do Matatu. Antes degradadas, as estruturas estão completamente adequadas para a locomoção dos moradores.

Transformação – A dona de casa Maria de Lourdes Santana, 58 anos, comemorou a entrega das obras. Ela, que vive no bairro há 43 anos, contou que a encosta da 3ª Travessa Alto dos Coqueiros era motivo de preocupação. “Havia, sim, o medo da terra deslizar e causar o desmoronamento das casas de cima, além de atingir as que ficam em baixo. Já vi pessoas usarem balde para retirar do caminho parte do barro que cedia”, descreveu.

Técnica – De acordo com o diretor geral da Codesal, Salvador possui 130 mil m² de área protegida apenas com o uso da geomanta nos últimos cinco anos, o que totaliza investimento de R$19,4 milhões. Ele explicou que essas soluções são mais práticas e menos custosas em comparação às contenções de encostas tradicionais.

“As geomantas são extremamente seguras e sempre passam manutenção cotidiana. Vale reforçar, no entanto, que nem toda a situação comporta essa técnica. Para isso temos uma equipe com engenheiros que fazem a análise e apontam a possibilidade da instalação ou não da tecnologia”, detalhou. A região do Miolo da cidade, revelou, é a que mais demanda pela aplicação de geomanta.

O gestor disse, ainda, que a Prefeitura realiza plantação de grama como outra solução para conter escorregamento de terra de taludes, desde haja condições como drenagem adequada.

Sefaz apresenta Relatório de Gestão Fiscal do 3º quadrimestre  

Audiência pública foi conduzida pelo vereador Joceval Rodrigues, presidente da Comissão de Finanças da Câmara,   O vereador Joceval Rodrigues (Cidadania) comandou, na manhã desta sexta-feira (26), a audiência...

Hospital Metropolitano será a maior unidade PPP na área de saúde do Brasil

O Hospital Metropolitano, localizado em Lauro de Freitas, será a quarta Parceria Público-Privada (PPP) na área da saúde na Bahia e a maior unidade de atendimento hospitalar...

‘Operação Fortuna’ combate milícia e cumpre mandados em 6 municípios baianos

O Ministério Público estadual, por meio do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), deflagrou na manhã dessa sexta-feira (26/02) em conjunto com a força-tarefa da...

Assassino de cabo da PM em Feira é morto em Abrantes

Foi localizado nesta sexta-feira (26/02), por volta das 12h, em Abrantes, na cidade de Camaçari, o bandido conhecido como "Zoi", que estava foragido após participar da morte...