Marinho exige garantia do atendimento ao consumidor através dos  SACs

Na data  em que se celebra o Dia Nacional do Consumidor, 15 de março, o deputado federal Márcio Marinho (Republicanos/BA) apresentou o Projeto de Lei  844/2021, que torna obrigatório o Serviço de Atendimento ao Consumidor durante o estado de calamidade pública.
 
O projeto leva em consideração o aumento significativo da insatisfação dos consumidores durante a pandemia, apontado pela  análise do Centro de Inteligência Padrão (CPI) em parceria com a OnYou, onde 52% dos brasileiros relataram piora no serviço que tem como finalidade resolver as demandas dos consumidores sobre informação, dúvida, reclamação, suspensão ou cancelamento de contratos.
 
“Desabilitar um serviço de call center sem disponibilizar outra forma de contato é um desrespeito ao consumidor, até porque o trabalho pode ser realizado em home office, evitando dispensa de empregados e garantindo o atendimento necessário sem trazer prejuízo”, afirma.
 
O parlamentar também ressalta que apesar  dos esforços das empresas  para que os clientes passem a utilizar canais digitais na resolução de problemas, o telefone ainda é o canal preferido para atendimento do  SAC e a forma mais acessível de contato, tendo em vista o isolamento social.

Flamengo e Palmeiras decidem supercampeão do Brasil hoje

O primeiro campeão nacional da temporada 2021 será conhecido neste domingo (11). A partir das 11h (horário de Brasília), o Flamengo, campeão brasileiro de 2020, mede forças...

Execução dentro de residência em Massaranduba

Um rapaz de 20 anos foi assassinado na noite de sábado (10/04), no bairro de Massaranduba, região da Cidade Baixa de Salvador. O crime aconteceu por volta...

Operação apreende arsenal de guerra, explosivos e coletes balísticos no extremo sul baiano

Um verdadeiro arsenal de guerra foi apreendido por equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Militar da Bahia (PMBA) na madrugada deste domingo (11/04), em...

Família rouba corpo de parente com Covid-19 para fazer enterro

Uma família da Colômbia ‘roubou’ o corpo de um familiar do hospital onde ele havia morreu com Covid-19. O objetivo era (só) levar os restos mortais do...