Bruno afirma que Irmão Lázaro era um “amigo próximo” e pede”reflexão sincera” sobre a covid-19

O prefeito Bruno Reis recebeu com tristeza e lamentou a notícia da morte do vereador Irmão Lázaro, que estava internado em um hospital de Feira de Santana em decorrência de complicações da Covid-19.

“Estávamos torcendo juntos, fazendo orações em público ou em segredo, sempre pedindo a Deus pela sua recuperação, que infelizmente não veio. Era um amigo próximo, esteve junto conosco nas últimas campanhas pro governo do estado e prefeituras. Sua alegria, seu canto de louvor a Deus farão muita falta. Para sempre lembraremos o seu olhar carismático e sincero. Temos de ter muita força nesta hora. Muita perseverança. Estamos perdendo pessoas próximas, parentes, amigos. Antes muita gente, a maioria, dificilmente sabia de alguém próximo que tivesse sido vitimado pela doença. Agora, não. A situação é mesmo muito, muito grave. Mais do que nunca precisamos fazer uma reflexão sincera sobre responsabilidade, sobre solidariedade. Não dá mais para desdenhar das medidas de proteção à vida. O uso de máscara é fundamental e obrigatório. O distanciamento social também. Meus sentimentos mais sinceros estão unidos agora à família e amigos de Irmão Lázaro”, escreveu em nota de pesar o gestor da capital baiana.

Últimas Noticias