Morte de Irmão Lázaro é lamentada por Bolsonaro: “Profundo pesar”

O presidente da República, Jair Bolsonaro, lamentou a morte na sexta-feira (19/03) do vereador de Salvador e cantor gospel, Irmão Lázaro, que era seu aliado e estava internado por Covid-19 na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular em Feira de Santana.

“Recebo com profundo pesar a notícia do passamento do pastor cantor Irmão Lázaro. Que Deus o receba de braços abertos e conforte o coração de familiares e amigos, bem como todos aqueles que perderam seus entes queridos nessa luta contra a covid-19 em nosso país e no mundo. Não desistiremos do Brasil!”, escreveu o presidente no Telegram.

Recentemente, a política brasileira também perdeu o senador Major Olímpio, antigo aliado do presidente, que ignorou a morte.

Últimas Noticias

Mestre de capoeira abusava de mulheres com promessa de cura

Um mestre de capoeira e líder espiritual foi preso nesta terça-feira (30) suspeito de manter relações sexuais com a...