Políticas públicas nunca foram tão necessárias”, diz Ireuda Silva no Dia Internacional contra a Discriminação Racial

No Dia Internacional contra a Discriminação Racial, celebrado neste domingo (21), a vereadora Ireuda Silva (Republicanos), presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher e vice-presidente da Comissão da Reparação, disse que “o racismo ainda é um mal que segrega e agride milhões de pessoas em todo o mundo, especialmente no Brasil e na Bahia”. Segundo ela, o combate ao preconceito e pela igualdade de direitos deve ser um compromisso assumido por todos.

“A pandemia do novo coronavirus escancarou ainda mais as diferenças sociais, baseadas na cor da pele, existentes no Brasil. As pessoas negras, por exemplo, foram as mais atingidas pela onda de desemprego trazida pela crise. Essas pessoas também vão demorar muito mais para se recolorarem no mercado de trabalho, o que certamente intensificará a desigualdade de renda entre brancos e negros que sempre foi característica marcante da nossa sociedade com heranças escravistas”, avalia Ireuda.

Segundo dados da FGV Social, pretos e pardos tiveram uma perda de 21,8% e 21,4%, respectivamente, sem suas rendas. Os brancos sofreram perda menor, de 20,1%.Atualmente, os negros representam 75% dos mais pobres no Brasil, enquanto que os brancos são 70% dos mais ricos. Já a taxa de homicídios entre negros de 15 a 29 anos chega a 98,5 por 100 mil pessoas. Entre os brancos, 34 por 100 mil. Entre homens pretos e pardos, o número ultrapassa todos os precedentes e vai a 185 por 100 mil.

“Houve muitos avanços sociais nas últimas décadas, mas eles estarão seriamente ameaçados. Políticas públicas nunca foram tão necessárias. Em 29 de maio de 2019, a Câmara de Salvador aprovou o Estatuto Municipal da Igualdade Racial e Combate à Intolerância Religiosa, que sem dúvida foi um avanço e uma grande vitória. É preciso ressaltar que é necessário combater toda e qualquer forma de discriminação, mesmo que determinada forma de discriminação não nos atinja diretamente”, acrescentou

Dia Mundial da Hemofilia: condição genética dificulta coagulação

O Dia Mundial da Hemofilia, neste sábado, 17 de abril, foi criado com a finalidade de conscientizar a sociedade e difundir informações sobre a hemofilia e outras...

Bira Corôa reivindica vacina para todas categorias da linha de frente da pandemia

Ampliar a vacinação para trabalhadores da linha de frente na pandemia e auxilio emergencial para classe trabalhadora foi uma das principais pautas debatida entre o deputado estadual...

Valmir defende subsídio para a agricultura familiar ao lembrar dos 25 anos de Eldorado dos Carajás

Os 25 anos do massacre de Eldorado dos Carajás foram lembrados pelo deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) ao mesmo tempo em que cobrava a aprovação da Lei...

Caixa sorteia hoje R$ 40 milhões da Mega-Sena acumulada

A Caixa pode pagar R$ 40 milhões no sorteio de hoje (17) da Mega-Sena. O prêmio está acumulado há seis sorteios e as apostas podem ser feitas...