Policial surta na Barra e atira para o alto; vídeos

Um policial militar de prenome Ueslei, lotado na 72a CIPM (Itacaré), teve um surto na tarde deste domingo (28/03) e disparou tiros para o alto, no Farol da Barra, em Salvador. O militar pintou o rosto e está completamente desorientado, andando sucessivamente para os dois lados.

Conforme a fonte do Informe Baiano, ele pegou uma arma na unidade em que trabalha e sumiu. Não há reféns e em nenhum momento o trabalhador atirou contra as pessoas. Colegas de farda em contato com o IB lamentam o caso e lembram que a situação psicológica da tropa tem se agravado.

Equipes de negociação da PM e do Salvar já estão tentando acalmar o soldado e finalizar pacificamente a ocorrência. Assista abaixo:

Nota da Polícia Militar

“Policiais militares da 11ª CIPM acompanharam um policial militar fardado desde a ladeira da Barra até o Farol da Barra, na tarde deste domingo (28). O militar está demonstrando descontrole emocional e já realizou disparos para o alto. Já estão no local as guarnições do Batalhão de Choque, Esquadrão Águia, da 11ª CIPM e também aguardam o Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) para que um especialista em gerenciamento de crise inicie a negociação. A ocorrência ainda está em andamento”.

A Polícia Militar lamenta pela ocorrência crítica envolvendo um integrante da corporação. Nesse sentido não poupará esforços para que todos os protocolos internacionais de gerenciamento de crises sejam adotados.
De pronto foi feito o isolamento e a contenção da área de crise, a fim de manter um espaço para iniciar o processo de negociação, para atingir o objetivo principal, que é a preservação de vidas.
O negociador do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) já está no local, assim como a equipe do Departamento de Promoção Social com um psicólogo.
Ressaltamos que o objetivo maior de todas as intervenções será a preservação da vida e o cumprimento da lei.