José Levi desembarca do governo e deixa a AGU

Nesta segunda-feira (29), o advogado-geral da União, José Levi, que integrava o Ministério da Economia, no qual foi indicado por Paulo Guedes, entregou ao presidente Jair Bolsonaro uma carta de demissão e desembarcou do governo.

De acordo com o site ‘Poder 360’, um dos motivos do pedido de demissão foi a ação direta de inconstitucionalidade que o presidente propôs ao STF (Supremo Tribunal Federal) contra 3 Estados que haviam implementado toque de recolher.

No caso, José Levi não assinou o pedido feito ao STF e por este motivo o ministro Marco Aurélio nem analisou a ação de Bolsonaro.

Ainda segundo a publicação, com a saída de Levi, André Mendonça, atual ministro da Justiça e Segurança Pública pode retornar à AGU.

Últimas Noticias

Atlético-GO e Bahia travam confronto direto na luta contra o rebaixamento

Atlético-GO e Bahia se enfrentam nesta segunda-feira, às 19h, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Jogando em casa, no...