Mulher mais velha dos EUA deixa 12 filhos, 48 netos e 180 bisnetos

Hester Ford, natural de Charlotte, Carolina do Norte, morreu na sua casa, rodeada pela sua família, no último sábado (17/04).

Sua bisneta, Tya Monte Powe, se manifestou pelo Facebook e publicou uma declaração oficial em nome da família. “Sua luz brilhou e ela viveu além de um século com memórias contendo experiências da vida real de mais de 100 anos”, dizia a publicação.

“Ela não representou apenas o avanço de nossa família, mas também da raça e cultura afro-americana de nosso país. Ela foi um lembrete de quão longe chegamos como pessoas nesta terra. Ela foi celebrada em todo o mundo por governos locais, líderes comunitários, mídia social, dignidades estrangeiras e presidentes como uma joia estimada da sociedade por ter a honra de ser a pessoa mais velha ainda viva na América”, publicou.

Não é certa a idade da mulher, a família de Hester afirma que ela nasceu em 15 de agosto de 1904, o que significa que teria 116 anos. Um grupo de investigação de geriatria afirma, contudo, que a idosa teria nascido em 1905. Independentemente do ano, certo é que era a mulher mais velha do país.

Hester teve 12 filhos, 48 netos e 180 bisnetos. Hester tornou-se a mulher mais velha dos EUA após a morte de Alelia Murphy, em 2018, aos 114 anos.

Últimas Noticias

Trabalhadores nascidos em dezembro podem sacar auxílio emergencial

Trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos em dezembro podem sacar,...