Astrônomos descobrem planeta mais quente do que lava derretida

Uma equipe formada por astrônomos provenientes de todo o mundo detalhou num estudo mais informações sobre um planeta recém-descoberto de nome TOI-1431b, o qual tem temperaturas mais altas já registradas.

“O planeta é mais quente do que o ponto de fusão da maioria dos metais e mais quente do que lava derretida. Na verdade, a temperatura do lado luminoso do planeta é mais quente do que 40% das estrelas da galáxia Via Láctea”, afirmou ao CNet o líder da equipe de astrônomos, Brett Addison, do Centro de Astrofísica da Universidade do Sul de Queenslan, Austrália.

O TOI-1431b começou a ser detectado pelo Transiting Exoplanet Survey Satellite da NASA, com dados mais detalhados tendo sido recolhidos através do telescópio localizado nas Ilhas Canárias, na Espanha. Foi graças a estes dados que a equipe obteve uma ideia da temperatura assim como das dimensões do TOI-1431b, que é três vezes maior do que Júpiter.

Morre atriz Eva Wilma

A atriz Eva Wilma, 87 anos,  morreu neste sábado (15/05). Ela estava internada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, e tratava um câncer de ovário. A artista...

Mulheres que atacaram 9 supermercados em Remanso são presas

Investigadores da Delegacia Territorial (DT/Remanso) prenderam, na sexta-feira (14), duas mulheres suspeitas de furtos em, pelo menos, nove estabelecimentos comerciais da cidade. Uma delas foi flagrada dentro...

Estudo investiga como começa e evolui o câncer de esôfago

Estudo inédito internacional sobre alterações epigenéticas de pacientes com câncer de esôfago constatou que os pacientes analisados, originários de diferentes regiões do mundo com alta incidência desse...

Cristo recebe iluminação para incentiva a vacinação contra a covid-19

O monumento do Cristo Redentor no Rio de Janeiro recebe, neste sábado (15), iluminação especial promovida pelo Movimento Unidos Pela Vacina. A ação, que acontecerá entre...