Operação Rekt da PF aponta movimentação de R$20 bilhões do PCC através de empresas

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira (29/04), a Operação Rekt, para desarticular uma organização criminosa especializada na prática de crimes de lavagem de dinheiro. Ao todo, 36 pessoas (32 jurídicas; 4 físicas) tiveram os sigilos bancário e fiscal afastados por ordem da Justiça Federal de São Paulo.

De acordo com uma fonte do Informe Baiano, o grupo é ligado a facção Primeiro Comando da Capital (PCC) e tem base na maioria das capitais do país. Levantamentos preliminares apontam a movimentação atípica de mais de 20 bilhões de reais nas contas bancárias dessas pessoas, motivo pelo qual foi determinado o bloqueio desses valores. Também foram cumpridos 4 mandados de busca e apreensão (3 na cidade de São Paulo; e um na de Limeira/SP). Foi ainda efetuado o bloqueio de mais de 110 milhões de reais da conta bancária de uma corretora de criptoativos.

A investigação apurou um grande esquema de lavagem de dinheiro envolvendo empresas de fachada, cadastradas em nome de ‘laranjas’. As contas bancárias dessas pessoas jurídicas foram usadas por traficantes de drogas, presos na Operação Planum, deflagrada em outubro de 2018 e que mirou mais de 200 alvos. Analisando as informações obtidas nas buscas e em relatórios de inteligência financeira, foram descobertas transações atípicas bilionárias cujo destino principal era a compra de criptoativos. As diligências policiais feitas hoje têm a finalidade de bloquear o patrimônio da organização criminosa e possibilitar posterior perdimento em favor da União.

Os investigados poderão ser indiciados pela prática dos crimes de constituição de organização criminosa, com pena 03 a 08 anos e multa, e de lavagem de dinheiro com pena de 03 a 10 anos e multa. Os mandados judiciais foram expedidos pela 2ª Vara Criminal Federal de São Paulo/SP.

Governo do Estado inaugura quadra poliesportiva em Coaraci

A quadra poliesportiva do município de Coaraci, no sul da Bahia, foi inaugurada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte...

“Nenhum jornalista pode ser constrangido a revelar a fonte”, diz ministro do STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, determinou em decisão liminar que as autoridades públicas no Espírito Santo abstenham-se de praticar atos que visem responsabilizar jornalistas...

Homem fica com aliança presa ao dedo e bombeiros são acionados

Um dedo inchado, um pouco ferido e uma aliança presa sem consegui ser retirada da forma tradicional. Foi nessa condição que um homem chegou ao quartel do...

Microempresas individuais puxam a criação de empresas em março

O mês de de março registrou a criação de 351.714 empresas no país, um aumento de 17,9% em comparação com igual período de 2020. A abertura das...