Escolas da rede municipal retomam aulas presenciais na segunda (3)

Após mais de um ano de ensino remoto, as escolas da rede municipal retomarão as aulas presenciais na segunda-feira (3). Neste primeiro momento, os alunos frequentarão em sistema de rodízio seguindo o manual operacional que define o número de alunos em sala de aula. No dia que o aluno não estiver na escola, terá atividades programadas em casa.

Desde março de 2020, quando começou a pandemia, que a Secretaria Municipal da Educação (Smed) adotou os protocolos de segurança sanitária como forma de evitar o risco de contaminação da Covid-19. Durante esse período foram disponibilizadas, para todos os estudantes das escolas municipais, aulas diárias em três canais de TV aberta e atividades mediadas pelos professores.

Para garantir a segurança alimentar dos 163 mil alunos, a Smed, desde o início da pandemia, tem distribuído cestas básicas para as famílias dos estudantes. O valor utilizado pela Prefeitura de Salvador na compra das cestas básicas distribuídas desde o início da pandemia até agora foi superior a R$147 milhões.

O secretário da Educação, Marcelo Oliveira, reforça a necessidade da retomada das aulas presenciais como forma de evitar que o dano seja ainda maior em relação ao aprendizado dos alunos. “Não é possível continuar com esse afastamento das crianças do ambiente escolar, elas estão sendo extremamente prejudicadas. O ensino exclusivamente remoto não atende às necessidades dessas crianças.”

Ele ainda destaca a necessidade da presença física do professor. “Serão, no máximo, 15 alunos por turma, com todas as condições sanitárias atendidas, com protocolos de segurança e adaptações necessárias que foram feitas na estrutura da escola para este momento de pandemia. Já foram vacinados 80% dos professores, apenas aqueles com menos de 40 anos, público pouco vulnerável às formas mais graves da doença, que ainda não foram imunizados. Não podemos esperar mais para retornar às aulas presenciais”, avisa o secretário.

Orientações essenciais para atravessar este período com mais segurança e tranquilidade:

– A entrada na escola estará temporariamente suspensa para os pais ou responsáveis. Apenas estudantes e funcionários poderão ter acesso ao espaço, com o intuito de proteger a saúde de todos.

– Todos devem lavar as mãos com água e sabão ou fazer uso do álcool a 70%.

– O uso de máscara é obrigatório.

– É proibido o compartilhamento de objetos de uso pessoal, copos, pratos, talheres, alimentos ou bebidas, com outras pessoas.

– Ao espirrar ou tossir o estudante não deve usar as mãos para cobrir o rosto, e sim a parte interna do braço.

– É necessária atenção às reações do estudante nesse período. É normal que ele se sinta triste e confuso. Mostre que a segurança dele está em primeiro lugar.

– Se o estudante estiver doente ou com temperatura superior a 37,5°C, não deve ir à escola. Procure ajuda médica.

-Dentro da sala de aula é preciso obedecer às marcações. Fora da sala de aula, manter sempre uma distância mínima de 1,5m entre todos.

Bahia recebe remessa com 39.780 doses da vacina da Pfizer/BioNTech

A Bahia recebeu nova remessa de vacinas contra Covid-19 produzida pela farmacêutica norte-americana Pfizer, em parceria com a empresa alemã BioNTech. O avião trazendo a carga com...

Dercca promove ação de conscientização no Salvador Shopping

Pessoas que passaram pelo Salvador Shopping, nesta terça-feira (18), tiveram oportunidade de participar de uma ação realizada pela Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra a Criança...

Clássico de infância: aprenda a fazer Bolo Formigueiro

Alguns bolos tem a cara da infância: bolo gelado de coco, bolo brigadeiro, bolo de cenoura com cobertura de chocolate, bolo mármore e bolo formigueiro.É clássica e...

Saúde diz que já distribuiu 90 milhões de doses de vacina contra covid

O Brasil atingiu hoje (18) a marca de 90 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 distribuídas no país, informou o Ministério da Saúde em mensagem...