Curuzú: trabalhadoras mortas na porta de casa e população acusa guarnição da Apolo

Duas mulheres foram baleadas na porta de casa, no bairro do Curuzu, em Salvador, no início da noite de sexta-feira (04/06). A ocorrência foi por volta das 18h, na Rua da Contenda. As vítimas ainda foram socorridas para o Hospital Ernesto Simões, mas não resistiram aos ferimentos.

Moradores entraram em contato com o Informe Baiano e disseram que a dona de casa Maria Célia de Santana e a manicure Viviane Soares, 32 anos, estavam na porta de uma residência quando a guarnição da Operação Apolo chegou em alta velocidade.

“Tinha um carro no Curuzú com restrição de roubo, mas estava parado sem ninguém. Aí a viatura da Apolo chegou atirando. Não tinham marginais por perto. Foi desnecessário aquilo que eles fizerem. Agora tem duas famílias sofrendo e uma criança de 10 anos sem mãe. Uma era manicure e tinha acabado de fazer a unha da senhora”, relatou uma moradora ao IB.

O duplo homicídio é investigado pela Corregedoria Geral da Polícia Militar e também pela Polícia Civil.