Jogadores da seleção brasileira amarelam e negam boicote

Os jogadores da seleção brasileira se manifestaram contra a organização da Copa América no Brasil. Na madrugada desta quarta-feira (09/06), após ameaças veladas e críticas nos bastidores, o time amarelou. O elenco se pronunciou oficialmente pelas redes sociais, em uma nota conjunta, criticando a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) pela maneira como a entidade se portou após a impossibilidade de sediar o evento na Argentina e na Colômbia, como previsto inicialmente. Sobre a Confederação Brasileira de Futebol, não comentaram nada.

Os atletas afirmaram que disputarão a competição, que inicia no domingo (13/06). O Brasil estreia às 18h (horário de Brasília), contra a Venezuela, no Mané Garrincha, em Brasília. Atual campeã, a seleção dirigida por Tite está no Grupo B, ao lado também de Colômbia, Equador e Peru. A convocação para o torneio será anunciada ainda nesta quarta.

No manifesto, os jogadores declararam que não quiseram tornar a discussão sobre a Copa América “política” e que estão insatisfeitos “por diversas razões, sejam elas humanitárias ou de cunho profissional” com a condução da competição, “fosse ela sediada tardiamente no Chile ou mesmo no Brasil”. Eles concluem a nota dizendo que possuem “uma missão a cumprir com a histórica camisa verde amarela pentacampeã do mundo” e “nunca diremos não à seleção brasileira”.

A expectativa pelo posicionamento dos jogadores era grande desde o anúncio como sede da Copa América. As tradicionais entrevistas coletivas dos atletas nos dias que antecedem as partidas foram canceladas e somente Tite atendeu à imprensa. Sempre que questionado, o técnico se esquivou de responder sobre o assunto.

Nas redes sociais, torcedores dispararam críticas aos atletas:

“Mais um 7×1, so que esse foi da seleção brasileira contra o povo brasileiro!!! Lamentável”.

“Não me surpreende esta carta. Pefeito ato de covardia. Perderam a oportunidade de entrar para a história”.

“Só uma observação, meu caro: essa discussão é politica, queiram vocês ou não. E se posicionar politicamente é algo de que vocês deviam se orgulhar, e não praticamente se desculpar, como fazem na nota”.

Abaixo a íntegra da nota.

Municípios de Guanambi, Candiba e Pindaí são orientados a proibir realização de festejos juninos

O Ministério Público estadual, por meio da promotora de Justiça Tatyane Miranda, recomendou aos Municípios de Guanambi, Candiba e Pindaí que proíbam a realização de festejos juninos...

Saúde investe meio milhão de reais em requalificações do Samu Salvador em 2021

O período de pandemia exigiu ainda mais dos esforços do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) Salvador para obter resolutividade satisfatória nos atendimentos de rotina e...

Receitas juninas: confira opções imperdíveis para fazer em casa

Pelo segundo ano, as festas juninas foram canceladas por causa da pandemia, mas não quer dizer que as comidas típicas não podem ser preparadas. Por isso, a...

Especialistas recomendam vacinas contra doenças mais comuns no inverno

O efeito do clima frio e seco nas mucosas do sistema respiratório e a convivência em ambientes mais fechados estão entre as razões que fazem do inverno...