Quatro alimentos que as crianças devem evitar

Com as tarefas do dia-a-dia é fácil e até conveniente optar por alimentos pré-feitos, fáceis de preparar e quase prontos a servir.

Adicionalmente, a preferência natural da criança por guloseimas ou frituras faz com que alguns pais cedam à sua vontade.

Porém, a verdade é que fazer aquilo que é melhor pela saúde do seu filho nem sempre é sinônimo de agradá-los.

Quatro alimentos que pequenos devem evitar:

Refrigerantes

Estas bebidas não têm qualquer valor nutricional, apenas elevados níveis de açúcar, sódio e conservantes, associados a perda da densidade óssea, devido a dificultarem a absorção de nutrientes importantes como o cálcio.

Mais ainda, a acidez dos refrigerantes afeta o equilíbrio do organismo, exemplificando por cada copo de ingerido são necessários 32 de água de modo a regular o PH do organismo.

Alimentos fritos

O consumo de frituras promove o risco de surgimento de colesterol e de doenças cardiovasculares no geral, consequente da gordura que advém do óleo submetido a altas temperaturas.

Doces

O grande problema relativo à ingestão destes alimentos consiste nas enormes quantidades de açúcar, gordura e de corantes artificiais que os compõe.

Salsichas

Este alimento é feito a partir de uma mistura de carnes e restos muitas vezes de proveniência incerta. Adicionalmente, um dos ingredientes que compõe as salsichas é o glutamato monossódico, que vicia e desperta as papilas gustativas, fazendo com que o paladar das crianças comece a perder a capacidade de identificar o sabor real da comida.