Keiko Fujimori pede anulação de 200 mil votos nas eleições peruanas

A candidata à Presidência do Peru, Keiko Fujimori, pediu às autoridades eleitorais a anulação de 802 cadernos eleitorais – cerca de 200 mil votos – sob acusações de irregularidades e “fraude na mesa de voto”.

A candidata de direita, que está em vias de perder a eleição de domingo passado (6) por cerca de 70 mil votos para o candidato da ala esquerda, Pedro Castillo, fez o pedido à Comissão Nacional de Eleições (JNE), insistindo na revisão da contagem de votos.

Apenas cerca de 1% dos votos ainda não foram contados.

“Essas 802 fichas de totalização representam 200 mil votos e devem ser retiradas da totalização nacional”, disse Keiko, de 46 anos, filha do ex-presidente Alberto Fujimori, que está preso por abusos de direitos humanos e corrupção.

Pedro Castill, de 51 anos, é filho de camponeses e prometeu reformular a Constituição e as leis de mineração do Peru.

Série B: Botafogo e Vasco disputam clássico carioca

Botafogo e Vasco jogam, neste sábado (31), às 21h (horário de Brasília), no Estádio Nilton Santos, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. A Rádio...

Sudesb lança edital de R$500 mil para apoio a eventos de capoeira

Comemorado em 3 de agosto, o Dia Nacional do Capoeirista tem homenagem antecipada pela Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia, autarquia vinculada à Secretaria do Trabalho,...

Caminhão-tanque é apreendido em Feira de Santana por transportar combustível com nota fiscal fraudada

A Polícia Rodoviária Federal na Bahia flagrou na noite desta sexta-feira (30) mais um crime de sonegação fiscal. Desta vez, uma carreta carregada com quase 45.000 litros...

Autorização de viagem para menores de 16 anos poderá ser feita online

A partir de segunda-feira (2), os pais poderão emitir pela internet uma autorização para que seus filhos menores de 16 anos possam viajar sozinhos em voos nacionais. O...