Windows 11: Conheça as novidades do novo sistema operacional da Microsoft

A Microsoft apresentou esta quinta-feira, dia 23, o Windows 11, a próxima versão do sistema operacional. Além de providenciar um primeiro olhar em relação no novo software, o Chief Product Officer da Microsoft, Panos Panay, também revelou as principais novidades para os clientes da empresa.

A maior novidade parece estar na interface, com o usuário podendo abrir uma janela ao centro do tela onde seleciona os apps que devem estar na barra de tarefas.

A própria barra de tarefas e o Menu Inicial foram alvo de uma reformulação, a qual as aproxima mais do aspecto do macOS ao estarem centralizados. Vale destacar que os usuários ainda poderão escolher o Menu Inicial do lado esquerdo tal como é ‘tradição’.

A produtividade também foi uma das preocupações da Microsoft. Quem gosta de trabalhar com duas telas gostará de saber que poderá adicionar ou remover um monitor com menos problemas. Se o utilizador estiver trabalhando com determinados apps numa segunda tela, poderá tê-las exatamente onde ao desligar e ligar o segundo monitor – sem necessidade de reorganizar o ‘layout’.

A produtividade também foi impulsionada com uma integração direta do Microsoft Teams no Windows 11. Com um toque, o usuário poderá acessar ao Teams e começar a trabalhar ou falar com familiares e amigos.

A Microsoft também demonstrou várias novas ferramentas para melhorar os níveis de produtividade dos usuários. A empresa demonstrou as capacidades de reconhecimento vocal do Windows 11, capaz de atribuir pontuações a frases e reconhecer comandos de voz.

O Windows 11 também estará equipado com ‘widgets’, uma capacidade mais presente em celulares e que funcionará de uma forma muito familiar. O sistema operacional terá um espaço onde os utilizadores poderão ter as informações e assuntos que mais lhes interessam, com um acesso rápido e fácil.

O lazer também foi alvo de atenção no Windows 11. O sistema operacional aplicará HDR automaticamente em jogos que o suportem e permitirá a jogos novos serem carregados mais rapidamente, isto graças a uma nova funcionalidade de nome Direct Storage. O Xbox Game Pass, um dos serviços mais populares entre os aficionados de videojogos, também estará presente no Windows 11.

Por fim, a Microsoft anunciou que o Windows 11 terá uma nova loja de aplicativos, comprometendo-se a ajudar os ‘developers’ a levar os respectivos aplicativos para a plataforma. Mais ainda, os ‘developers’ poderão reter 100% das receitas obtidas com os respetivos serviços, uma decisão que contrasta com as taxas cobradas pela Google e pela Apple nas suas lojas virtuais.

Mais ainda, os usuários do Windows 11 poderão contar com apps Android integradas e obtê-las por via da loja oficial da Amazon. “Adoramos que a loja da Microsoft continue sendo mais aberta e que permita que uses as aplicações como quiseres”, afirmou Panos Panay.

A tarefa de encerrar a apresentação coube ao CEO da Microsoft, Satya Nadella. “Estamos desenvolvendo o Windows para a próxima década e mais além”, afirmou o líder da tecnológica de Redmond, confiante nas capacidades do novo software.

Entretanto, pode ver abaixo um vídeo onde são resumidas as grandes novidades do sistema operativo.

Atualização gratuita
Em relação ao assunto mais esperado pelos usuários, a Microsoft confirmou: o Windows 11 será um upgrade gratuito para usuários que possuem o Windows 10 instalado em suas máquinas.

A questão tem um porém: o PC do usuário precisa ter configurações mínimas como 4 GB de RAM, 64 GB de armazenamento e CPU de 64-bit. O SO começará a ser disponibilizado no final de 2021.