Ao som do hino do Senhor do Bonfim, ACM Neto toma vacina contra a Covid-19 em Salvador

Fotos: Gilberto Júnior

O ex-prefeito de Salvador e presidente nacional do Democratas, ACM Neto, foi imunizado nesta sexta-feira (9) contra a Covid-19 na Unidade Básica de Saúde da Família de Fazenda Grande III, que foi inaugurada por ele no ano passado, já durante a pandemia. Neto foi vacinado com a primeira do imunizante da Pfizer ao som do hino do Senhor do Bonfim, trilha sonora escolhida pelos profissionais do posto no momento da imunização.

“Para mim é uma emoção grande o dia de hoje. Estou muito feliz de ter chegado o meu dia, a minha vez”, afirmou ele, ao lembrar do início da pandemia no ano passado, quando era prefeito da capital baiana. “Logo quando a Covid chegou na nossa cidade, a gente começou toda aquela luta contra a pandemia, todo o esforço que a gente fez para salvar o maior número possível de vidas, para oferecer acolhimento na saúde para todos os baianos”, afirmou.

ACM Neto recordou que a corrida pela vacina começou ainda na sua gestão. Ele aproveitou para agradecer aos profissionais da Secretaria Municipal da Saúde. “Queria aproveitar, inclusive, para fazer uma homenagem especial a todos os profissionais da saúde, agradecer ao prefeito Bruno Reis, ao secretário Leo Prates, a toda essa turma que continuou o trabalho que a gente tinha começado no ano passado da corrida pela vacina”, pontuou.

“A gente fica feliz de ver a vacinação avançando, numa quantidade cada vez maior de doses sendo oferecidas. E a gente reza para que, ainda esse ano, toda a população esteja de fato imunizada, para que a gente possa começar a viver na normalidade. Esse é o desejo e o sonho de todos nós”, acrescentou Neto.

Carnaval

ACM Neto disse desejar que o Carnaval seja realizado no ano que vem, mas ressaltou que a festa só deve ocorrer se toda a população estiver vacinada. “Espero que, com a população imunizada com as duas doses, a gente possa ter Carnaval ano que vem”, afirmou, ponderando ainda que a decisão cabe às autoridades. “Tivemos que passar 2020 e 2021 convivendo com a pandemia. Que 2022 já seja um ano que o país comece sem covid”, complementou.

Ele fez também um apelo para que as pessoas tomem as duas doses, uma vez que há um número de cidadãos que acabam não tomando a segunda. “É preciso tomar as duas doses, inclusive por causa dessa variante delta, que hoje preocupa o mundo todo. Está provado que o que protege contra ela são as duas doses”, salientou.

O presidente nacional do Democratas também comentou sobre a possibilidade de sua candidatura ao governo do estado, reafirmando que esse debate será feito na “hora certa”. O momento, ele destaca, ainda é de combate à pandemia. Neto destacou o movimento “Pela Bahia”, lançado em maio passado, por meio do qual tem percorrido as principais regiões do estado e conversado com as pessoas para traçar um diagnóstico.

“Meu sonho é esse (ser candidato a governador); Pretendo construir uma caminhada até o ano que vem para confirmar uma candidatura ao governo da Bahia, e, é claro, se for a vontade do povo baiano, estar preparado para governar nosso estado. Na hora certa, eu vou confirmar essa pré-candidatura, o que deve acontecer ainda neste ano de 2021”, afirmou.

Copom inicia quinta reunião do ano para definir juros básicos

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) começa hoje (3), em Brasília, a quinta reunião do ano para definir a taxa básica de juros,...

Fotógrafo é agredido e tem equipamento roubado na Avenida Sete Portas

Foto: arquivo pessoal O fotógrafo Arisson Marinho, do jornal Correio, foi agredido e roubado por cerca de quatro criminosos, na noite de segunda-feira (02/08), na Avenida Sete Portas,...

Pequenos negócios respondem por 72% dos empregos gerados no país

Os pequenos negócios apresentaram um saldo positivo de 2.094.812 empregos com carteira assinada, o que significa 71,8% das vagas criadas no país. Número quase três vezes superior...

Pregadora diz que é um “absurdo pessoas cristãs levantando bandeiras de pessoas pretas, bandeiras de LGBTQIA+”

A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar o discurso de Karla Cordeiro, conhecida como Kakau, membro da Igreja Sara Nossa Terra, em Nova Friburgo, no Rio...