Tempo de abertura de empresas em Salvador fica mais ágil a partir desta terça

O tempo de abertura de empresas no município de Salvador reduzirá significativamente a partir desta terça-feira (13). O prazo, que em 2020 chegou há 20 dias, deve levar até três dias. A redução do tempo foi possível graças aos esforços conjuntos da Junta Comercial do Estado da Bahia (Juceb), entidades do Governo do Estado e da Prefeitura Municipal de Salvador, para que ocorresse a integração da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedur) à Redesim – rede de sistemas informatizados para o registro e legalização de empresas no âmbito da União, Estados e Municípios.

Salvador não tinha a etapa da viabilidade de endereço, denominada TVL, integrada à Redesim. A Juceb, como responsável pela manutenção da Rede na Bahia, intensificou em julho de 2020 as tratativas com a Prefeitura para trazer TVL para o sistema intregrador.

Um dos primeiros passos foi dado em maio com a integração de procedimentos da Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz), quando a Juceb passou a enviar os dados das empresas para Prefeitura, unificando os cadastros. Já a Prefeitura adotou ações como a emissão rápida e digital do alvará de funcionamento e a unificação a Taxa de Licença e Localização (TLL) à Taxa de Fiscalização e Funcionamento (TFF) em um único Documento de Arrecadação Municipal (DAM), além de prorrogar o vencimento para 60 dias a partir do lançamento da inscrição municipal. Assim, o empreendedor não precisa mais pagar antecipadamente a TVL.

“É com imensa alegria que festejamos essa conquista. A Bahia é referência em boas práticas na área de registro mercantil. Reunimos esforços junto à turma de Vogais das entidades de classes representativas da Bahia e com a PMS para que essa integração com a Prefeitura de Salvador acontecesse, pois, elevando a posição da Bahia no Ranking do Doing Business, conseguimos dar um peso significativo na atração de novos investimentos nacionais e internacionais para todo o nosso estado, tão rico e com tantas possibilidades de excelentes negócios”, pontua a presidente da Juceb, Andrea Mendonça.

Com esse avanço, os serviços de abertura e alterações de empresas serão solicitados de maneira integrada, por meio do site da Junta Comercial. O cidadão deve fazer o pedido no site do órgão por meio do Sistema de Registro Integrado (Regin), que permitirá as análises simultâneas das viabilidades de nome e endereço das empresas, descrição do objeto social e Cnae fiscal. Após a aprovação de ambos os órgãos, será realizada o registro da empresa.

Essa integração crucial para elevar a posição da Bahia no ranking de abertura de empresas reduz o número de etapas e dá celeridade aos processos de autorização da Prefeitura de Salvador, proporciona ao empreendedor maior agilidade não somente na abertura, mas também nas alterações e baixas de empresas. Além disso, a unificação de dados nos cadastros dos sistemas dos entes envolvidos evita a duplicidade de documentos e exigências, garantindo clareza de todo o processo.

Programa Corra pro Abraço completa 8 anos transformando vidas pela redução de danos

Em 22 de Julho é comemorado o aniversário do Programa Corra pro Abraço, da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) da Bahia. Fundada em...

Criminosos usam nome do deputado Félix Mendonça Júnior para aplicar golpe

O deputado federal Félix Mendonça Júnior (PDT) denunciou hoje (23) que estão usando o nome dele para aplicar golpes na internet. Por meio do telefone com...

Intervalo maior de doses da vacina Pfizer aumenta níveis de anticorpos

Um intervalo maior entre as duas doses da vacina da Pfizer contra a covid-19 proporciona um nível maior de anticorpos do que um intervalo mais curto, concluiu...

CNI: pandemia ainda afeta oferta e custo de matérias-primas

O principal problema das indústrias no segundo trimestre de 2021 ainda foi a falta e o alto custo das matérias-primas. De acordo com a pesquisa Sondagem Industrial,...