PT e Haddad vão ter que indenizar cantora Paula Toller

O juiz Cleber de Andrade Pinto, do TJDFT (Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios), condenou o ex-prefeito Fernando Haddad e o PT a pagarem mais de R$ 100 mil de indenização para Paula Toller pelo uso, sem autorização, da música “Pintura Íntima” nas eleições presidenciais de 2018. As informações são do UOL.

Além do uso da música, a cantora acusa o partido de usar sua imagem e a do saxofonista do Kid Abelha, George Israel, em uma propaganda eleitoral divulgada em diversos sites, inclusive do Movimento Sem Terra (MST).

Haddad e o PT alegam que não foram responsáveis pela produção do material e que os sites que divulgaram não eram deles, já que a mídia não utilizava a identidade visual da campanha e não tinha o CNPJ da coligação.

Além da indenização de R$ 100 mil, o juiz determinou o pagamento do valor original do licenciamento multiplicado por 20 e as custas do processo.

Últimas Noticias

Bebê morre à espera de transferência após testar positivo para Covid-19

Um bebê de 1 ano morreu nesta segunda-feira (24) à espera de uma transferência no Hospital Municipal Albert Schweitzer,...