Após incentivar atos antidemocráticos, Bolsonaro grava áudio para caminhoneiros com pedido de recuo

O presidente Jair Bolsonaro gravou um áudio e pediu aos caminhoneiros que liberem as estradas do país. Na gravação, ele diz que a ação “atrapalha a economia” e “prejudica todo mundo, em especial, os mais pobres”.Porém, um dia antes, no 7 de Setembro, ele incentivou atos antidemocráticos contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), a mídia e o Congresso.

“Fala para os caminhoneiros aí, que são nossos aliados, mas esses bloqueios atrapalham a nossa economia. Isso provoca desabastecimento, inflação e prejudica todo mundo, em especial, os mais pobres. Então, dá um toque no caras aí, se for possível, para liberar, tá ok? Para a gente seguir a normalidade. Deixa com a gente em Brasília aqui e agora. Mas não é fácil negociar e conversar por aqui com autoridades. Não é fácil. Mas a gente vai fazer a nossa parte aqui e vamos buscar uma solução para isso, tá ok? E aproveita, em meu nome, dá um abraço em todos os caminhoneiros. Valeu”, disse o presidente na gravação.

Últimas Noticias

Lauro de Freitas realiza barreira sanitária para rastreio de casos da Covid-19 neste sábado (25)

Neste sábado (25), a Secretaria Municipal de Saúde (SESA) de Lauro de Freitas monta barreira sanitária para rastrear casos...