Presos pelo Draco são suspeitos de morte de estudante na Av. San Martin

Capturado durante operação também é envolvido com ataques a instituições financeiras

Equipes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), com apoio da Coordenação de Operações Especiais (COE), prenderam o segundo alvo da operação deflagrada na manhã desta sexta-feira (1º). Essa é a segunda prisão durante as ações realizadas no bairro do IAPI, que também acontecem em mais três bairros.

Os dois presos são suspeitos do homicídio do estudante de radiologia Luís Carlos Mendes Cerqueira Júnior, de 23 anos, ocorrido em uma escadaria que liga a Avenida San Martin ao bairro de Fazenda Grande do Retiro, em 25 de agosto deste ano. A operação visa coibir os crimes praticados por grupos criminosos.

O segundo preso tem mandado de prisão por condenação referente a porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, em 2016. Ele foi condenado a três anos de prisão pela 17ª Vara Criminal de Salvador.

As ações são Desdobramentos da Operação Cangalha, coordenada pela Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI/MJ). A iniciativa começou em setembro e é realizada por Polícias Civis de diversos estados do Nordeste, com o objetivo de combater organizações criminosas que atuam nos ataques a instituições financeiras, homicídios, narcotráfico, sequestro e corrupção.

Últimas Noticias

Mel produzido por cooperativa de Tucano garante faturamento de R$ 2,5 milhões para apicultores da região

O Governo do Estado já investiu R$61 milhões no sistema produtivo da apicultura e meliponicultora da Bahia, somente pelos...