Programa ‘Tranquila-Mente’ completa um mês com discussão sobre acesso a serviços de saúde mental

O projeto institucional ‘Tranquila-Mente – bem-estar e qualidade de vida’ completou, na última sexta-feira, dia 1º de outubro, um mês de programação na Rádio MP da Bahia. Idealizado pela Diretoria de Gestão de Pessoas (DGP), por meio da Coordenação de Gestão da Qualidade de Vida no Trabalho, o programa aborda a importância do autocuidado e da saúde mental. O próximo episódio vai ao ar no dia 6 e discute o acesso aos serviços públicos de saúde psíquica, com o psicólogo André Carvalho. A DGP também elaborou uma lista com os locais de atendimento psicológico gratuito e de baixo custo oferecidos em Salvador. O programa, exibido semanalmente, sempre às quartas-feiras, às 14h, visa atender ao objetivo estratégico de promover a qualidade de vida, bem-estar, saúde e segurança ocupacional. Todas as gravações estão acontecendo à distância, por meio de uma plataforma de transmissão online. As edições que já foram ao ar estão disponíveis na seção “Especiais” no site da rádio.

“O objetivo é estimular o interesse e curiosidade dos ouvintes, trazendo um programa leve e informativo, envolvendo conhecimento e música, com a participação de especialistas abordando temas relevantes, que, por vezes, não conseguimos conversar no nosso dia a dia”, explica a coordenadora de Gestão da Qualidade de Vida no Trabalho, psicóloga Larissa Dantas Guimarães. Na locução da jornalista Aline Costa, o ‘Tranquila-Mente’ tratou de assuntos diversos, como a busca pela felicidade, sentimentos de frustração e esperança, mitos sobre saúde mental, sofrimento psicológico e Alzheimer. Neste mês de outubro, o foco será dado a temas relacionados ao Outubro Rosa, campanha de conscientização sobre a prevenção e diagnóstico do câncer de mama. “Estamos tendo um feedback muito positivo, reforçando a característica do programa em ser um espaço de informação, de esclarecimento e de reflexão sobre temas relacionados ao autocuidado e à saúde mental, com linguagem simples e acessível a todos”, destacou Larissa Guimarães. A rádio MPBA tem, nos dias do programa, registrado picos de audiência superiores a média de ouvintes.

Efeitos da pandemia na saúde mental

No Google Trends, apenas na primeira quinzena de quarentena no Brasil, houve aumento de 88% nas buscas por atendimento psicológico no formato online. Segundo pesquisa divulgada pelo Ministério da Saúde, 30% dos brasileiros procuraram ajuda profissional por questões relacionadas à saúde psíquica entre agosto e outubro de 2020. Apesar do expressivo aumento na procura por serviços de assistência à saúde mental durante a pandemia, a psicóloga Larissa Guimarães ressalta que conversas sobre o tema ainda são um tabu. Segundo ela, muitas pessoas deixam de pedir ajuda por preconceito, desinformação e falta de condições financeiras. Com isso, o objetivo do ‘Tranquila-Mente’ é também promover um olhar mais cuidadoso para o tema. “Com as incertezas oriundas da pandemia surgiram diversas emoções tais como angústia, medo e ansiedade, provocando a atenção das pessoas para a necessidade de cuidar da saúde mental. É importante observar que uma boa saúde mental depende de um delicado equilíbrio de fatores”, alerta.

Últimas Noticias