Atriz de ‘Capitão América’ confessa morte da mãe e não irá a julgamento

Mollie Fitzgerald, atriz de 38 anos que participou do filme “Capitão América – O Primeiro Vingador” (2011), foi considerada incapaz de enfrentar um júri. Ela confessou ter matado a mãe a facadas, em dezembro do ano passado.

De acordo com o site TMZ, três médicos avaliaram o estado psicológico da mulher e tomaram a decisão no final de setembro. Dois concluíram que ela não é capaz de ajudar seu advogado na defesa e não entende o que está acontecendo com ela.
O advogado Jason Billam, que representa a atriz, afirma que ela entende que foi acusada pelo assassinato da mãe, entende os papéis do advogado, do promotor e do juiz, mas fica confusa sobre como funciona o processo judicial geral.

Assim, Fitzgerald voltará a um hospital psiquiátrico estadual, onde passará por tratamento. Conforme o defensor, seu estado mental será reavaliado a cada 90 dias para ver se ela recupera a competência para ser submetida ao julgamento.

O crime aconteceu em 20 de dezembro, na casa da mãe da atriz, Patricia Fitzgerald. A polícia foi acionada para verificar uma denúncia de tumulto e encontrou a vítima já sem vida. A atriz confessou o crime, mas alegou ser sido praticado em legítima defesa.

Mollie é listada entre os atores que fizeram “Capitão América – O Primeiro Vingador” interpretando a menina Stark. Ela também já trabalhou na direção e produção de outras filme de menor orçamento.

Últimas Noticias