Kannário cobra investigação rigorosa após muro de escola desabar e matar duas pessoas em Itabuna

Por meio de nota, o deputado federal Igor Kannário (União Brasil/DEM) lamentou a morte de uma criança de 12 anos e o pai após o muro de uma escola municipal desabar e atingir as vítimas, na cidade de Itabuna. O parlamentar, que atua no bairro da Califórnia onde aconteceu o acidente fatal, se solidarizou com a família e disse que a Polícia Civil precisa investigar com rigor as causas do desabamento e apontar os responsáveis, pois tudo indica que houve descaso dos gestores.

O muro da Escola Municipal Marechal Castelo Branco desabou na manhã de sábado (16/10). Fábio Guedes dos Santos, 45 anos, e o filho Guilherme Aurélio Leone voltavam de uma feira e passavam pela área externa do colégio quando parte do muro desabou.

Moradores de casas próximas à escola relataram que o muro apresentava rachaduras e sinais de que poderia desabar. A versão foi confirmada pela Defesa Civil de Itabuna, que vistoriou o local após o desabamento. A Secretaria de Infraestrutura vai demolir o restante do muro da escola. A Polícia Civil vai investigar as causas do desabamento.

Criança e o pai são atingidos por muro de escola em Itabuna e não resistem

Últimas Noticias

Líder deposta de Myanmar é condenada a quatro anos de prisão

A líder deposta Aung San Suu Kyi foi condenada hoje (6) em Myanmar (antiga Birmânia) a quatro anos de...