Pescadores artesanais com registros suspensos serão beneficiados com cestas básicas

Preocupado com a situação dos pescadores artesanais que encontram-se com o Registro Geral de Pesca (RGP) suspensos, o deputado estadual Josafá Marinho, solicitou através do ofício 045/2021 ao Ministério da Cidadania e despachado com o ministro João Roma, a liberação de cestas básicas para esses trabalhadores que passam por dificuldades por não receber o benefício do seguro defeso.

Essa solicitação também tem sido feita pelo deputado federal Raimundo Costa que também já esteve em audiência no Ministério reivindicando essa demanda. O anúncio da liberação dos alimentos foi feito em uma reunião realizada com o novo Superintendente da Agricultura na Bahia, Dr. Benedito Senna e com a chefe de Divisão, Mércia Haack. De acordo com a Superintendência, as cestas já estão compradas e seguem o protocolo de logística de entregas no Estado.

“Essa é uma conquista importantíssima de nosso mandato. Estamos em um momento de atualização cadastral e sabemos das dificuldades de muitos que ainda não tiveram esse benefício. Mas, tivemos pressa e conseguimos garantir a segurança alimentar para esse público”, disse Josafá.

Para o deputado Raimundo Costa, essa ação é fruto de uma luta árdua em favor dos pescadores baianos. “Somos legitimados para servir os pescadores e marisqueiras da Bahia no Congresso Nacional e no Legislativo Baiano, e celebraremos ainda mais conquistas em prol do nosso povo”, ressaltou Costa.

Nos próximos dias, a superintendência estará chamando as entidades de pesca para informar os requisitos e a logística de entrega das cestas básicas aos pescadores com registro suspenso.

Últimas Noticias