Projeto social dedicado ao futebol feminino entrega uniformes no núcleo Pituaçu

Após alguns anos jogando futebol pelas quadras do bairro de Narandiba, a jovem Janayna Nascimento Castro, 13 anos, tem, agora, a oportunidade de praticar a modalidade esportiva em um campo profissional e com orientação técnica qualificada. Janayna é uma das muitas garotas que se deslocaram, nesta quarta-feira (20), ao estádio de Pituaçu, onde as aulas gratuitas do projeto Esporte na Cidade serão dadas, para receber o uniforme completo e garantir a vaga nas aulas de iniciação no núcleo de futebol dedicado apenas ao público feminino.

Feliz com a oportunidade, Janayna afirmou estar, finalmente, “realizando um sonho”. E qual a sua meta? “Voar, conhecer vários países e dar uma vida melhor para minha mãe”, profetizou a jovem, aluna do 7º ano da Escola Municipal Governador Roberto Santos, coincidentemente o mesmo nome do equipamento esportivo onde Janayna, a partir da próxima semana, inicia, pela primeira vez, o aprendizado técnico em busca da concretização de um antigo sonho.

O Projeto Esporte na Cidade, que está na segunda edição no estádio de Pituaçu, irá atender 150 meninas de 7 a 17 anos e é realizado pela entidade De Peito Aberto (DPA), por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, com patrocínio do Itaú, SporTV, White Martins e Rede, com apoio da Superintendência dos Desportos do Estado (Sudesb), vinculada à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre).

Inclusão

Ao participar da entrega de uniformes, o diretor-geral da Sudesb, Vicente Neto, destacou a importância da parceria e do projeto, enfatizando que “o Esporte na Cidade visa garantir a iniciação esportiva do futebol feminino, orientação pedagógica, inclusão social e formação de cidadania. São todos esses valores que estão sendo oferecidos a essas meninas”.

Professora do núcleo, a jogadora profissional Paloma Nunes é quem faz a entrega do uniforme – blusa, bermuda, meião e chuteira -, já conhecendo de perto cada aluna. “A primeira edição aqui em Pituaçu foi uma experiência inesquecível. Por isso, é grande a expectativa para este segundo ano do projeto Esporte na Cidade”, disse a atleta.

As aulas terão início no próximo dia 25, acontecendo às segundas e quartas, sempre no contraturno escolar, não interferindo no rendimento escolar das alunas. Participam meninas da faixa etária estipulada e com frequência na rede de ensino.

Últimas Noticias

Covid-19: ministro anuncia proibição de voos oriundos de seis países

O Brasil fechará as fronteiras aéreas com seis países da África diante de uma nova variante de coronavírus, informou...