João Dourado: Di Cardoso vence eleição suplementar contra candidato de Lula

A eleição suplementar da cidade de João Dourado, na microrregião de Irecê, foi vencida com folga, neste domingo (07/11), por Diamérson Costa Cardoso Dourado, o Di Cardoso (PL). Ele recebeu 7.319 votos (56,08% dos votos válidos) contra 5.731 votos (43,92%) de Juninho (PSD), que contava com o apoio de Lula, do PT e de Otto Alencar. Foram registrados 1186 votos nulos (1,39%) e 106 em branco (0,80%).

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) foram registrados 13.342 votos. O resultado foi confirmado pelo TSE às 18h05, quando 100% das seções eleitorais da cidade foram conferidas.

Di Cardoso já havia sido eleito em 2020. No entanto, a votação deste domingo foi convocada depois que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu manter o indeferimento das candidaturas dele e da então vice Rita de Cássia Amorim do Amaral, eleitos em 2020 para os cargos de prefeito e vice-prefeita, respectivamente.

A decisão do TSE levou em consideração aspectos de inelegibilidade da candidata a vice-prefeita, que teve repercussão na chapa para os cargos, o que impedia a diplomação dos candidatos. Após a nova eleição, a diplomação de Di Cardoso e do vice Kel do Riacho deve ocorrer até o dia 22 de novembro.

É o segundo município baiano que tem eleição complementar este ano; a primeira foi Firmino Alves, no sul do estado.

Últimas Noticias