Ladrão de bancos é identificado após 52 anos

Após 52 anos de buscas, um homem que roubou um banco nos Estados Unidos foi identificado. Theodore John Conrad deu um prejuízo de US$ 215 mil (US$ 1,7 milhão em valores atuais) ao Society National Bank em Cleveland, Ohio, em julho de 1969 e desde então era considerado foragido. O criminoso, conhecido como Ted, apenas foi descoberto após morrer de câncer em maio deste ano. As informações são de O Globo.

O assaltante tinha apenas 20 anos e foi contratado para trabalhar como caixa da instituição financeira quando cometeu o crime. Ele aproveitou que o local não tinha um forte esquema de segurança e saiu com o dinheiro em um saco de papel marrom enquanto a agência fechava em uma noite de sexta-feira. Outros funcionários apenas perceberam que o dinheiro havia sumido dois dias depois, quando Ted já havia desaparecido.

Décadas sem respostas fizeram o caso ser conhecido como “um dos maiores mistérios” dos EUA em programas de televisão. O assaltante era considerado como um dos fugitivos “mais procurados” do país.

Últimas Noticias