Salvador recebe 4ª edição do maior evento de criatividade e mídia do Norte e Nordeste

curadoria democrática que ouve as pessoas e pelo interesse de todos.

Estratégia – Segundo o presidente da Saltur, Isaac Edington, desde 2018, quando a primeira edição foi realizada, havia um conceito de se ter em Salvador uma plataforma de eventos diversificada. Para ele, faltava um evento que valorizasse a criatividade, inspirando pessoas, organizações, empresas e jovens e os levassem a ampliar a compreensão da importância da criatividade para o mercado de trabalho.

O gestor ressalta que é preciso atrair mais talentos para a cidade, que já produziu um elenco de criativos importantes, a exemplo de Nizan Guanaes e tantos outros que atuaram no mercado, uma geração de empreendedores que têm baianos de destaque.

“A ideia é que tenhamos anualmente esse fórum de discussão, trazendo nomes dos mais variados setores, inspirando pessoas a empreender, a ter preocupação com a questão social, socioambiental, fazer os negócios de forma justa, pensar no desenvolvimento econômico, social e sustentável em todas as dimensões”, explicou.

De acordo com Edington, quando se vê uma geração de jovens preocupada em ter modelo de negócios sustentáveis, relações colaborativas, isso estimula o mercado a caminhar para outro conceito de desenvolvimento. “O Scream estimula as pessoas a uma nova forma de fazer negócio, de forma sustentável, criativa, inovadora, é uma mensagem forte, e um dos grandes ativos é a diversidade no sentido mais amplo”.

Participantes – O evento contará com mais de 50 palestrantes já confirmados, entre nomes nacionais e internacionais, que vão falar sobre comunicação, comportamento, arte, moda, economia, gastronomia, diversidade, tecnologia, inovação, cultura, empreendedorismo e muito mais.

Entre as presenças confirmadas estão a da atriz e apresentadora Carolina Ferraz, o radialista baiano Mário Kertész, o ator do Bando de Teatro Olodum e criador do projeto Culinária Musical, Jorge Washington, o administrador e criador de conteúdo da página Belezas do Subúrbio, Anderson Simplício e o comunicólogo e um dos principais nomes da luta em prol da comunidade LGBTQIAP+ em Salvador, Genilson Coutinho.

Pela primeira vez como palestrante do evento, o afrochef Jorge Washington tomou como surpresa o convite para o evento. “Nossa, olha onde eu tô”, pensou ele. O ator conta que começou o Culinária Musical de forma despretensiosa e hoje, com quase cinco anos de projeto, percebeu estar no caminho certo.

“Este festival é de uma importância grande, a visibilidade que dá aos projetos é ampla, principalmente um projeto de cultura negra, de memória, de reverenciar a cultura ancestral. Estar num festival como esse, falar para as pessoas é uma felicidade”.

Do Subúrbio Ferroviário para as redes sociais. Com pouco mais de 200 mil seguidores, Anderson Simplício participa pela segunda vez do festival. “Eu acho massa poder participar representando o subúrbio, mostrando que a periferia tem potencial grande, tem o que falar e apresentar nas redes sociais. Fico feliz e lisonjeado por representar essas pessoas, a cultura do suburbano que é tão rica”.

Inscrições – Em 2021, o Scream será de forma 100% presencial para os participantes, seguindo todas as regras de prevenção à Covid-19 e híbrido para os palestrantes. As inscrições custam R$50 (meia) e R$100 (inteira) e podem ser feitas através do site https://www.sympla.com.br/scream-festival-2021__1385817

Na edição de 2020, o Scream foi 100% on-line devido aos protocolos de saúde em razão da Covid-19. Gratuito, somou mais de três mil pessoas inscritas, com recorde de 137 palestrantes em 55 painéis e palestras.

Últimas Noticias