Médico defende projeto que concede prótese de silicone a pessoas submetidas à bariátrica

Especialista em reconstrução de mama, o cirurgião plástico baiano, Sérgio Rodrigo, reiterou a importância da aprovação do Projeto de Lei de autoria do deputado Roberto Carlos (PDT), que tramita na Assembleia Legislativa da Bahia e prevê que os planos de saúde sejam obrigados a custear operação plástica reparadora de aumento de mama com prótese de silicone, em pacientes submetidas à cirurgia bariátrica, no estado.

De acordo com o especialista, que fez residência médica em cirurgia plástica num dos serviços mais renomados do Brasil, o Instituto Nacional do Câncer, muitas mulheres necessitam resgatar a saúde mental e emocional, debilitada pela baixa autoestima gerada pelas alterações anatômicas e morfológicas do corpo humano consequentes de uma cirurgia bariátrica.

“O projeto do deputado Roberto Carlos é de extrema importância, pois a obesidade mórbida é uma doença grave e a cirurgia plástica vem complementar o tratamento em casos extremos, onde há um excesso de pele, não se restringindo a um simples procedimento estético”, ressaltou Sérgio Rodrigo.

Além disso, a proposição em questão, ainda, obriga as operadoras que se negarem a realizar o procedimento de cobrir os custos da cirurgia reparadora a indenizar o paciente por danos morais decorrentes da recusa indevida de cobertura.

Últimas Noticias

Secretários de Fazenda aprovam congelamento do ICMS sobre combustíveis

O Comitê Nacional de Política Fazendária (Confaz) aprovou hoje (27) a prorrogação, até 31 de março, do congelamento do...