Kéfera Buchmann condena “fiscalização da bissexualidade”

Bissexual, a atriz e influenciadora Kéfera Buchmann rebateu nos stories do Instagram seguidores que questionaram o motivo dela não ter sido vista beijando mulheres na Farofa da GKay, que aconteceu de 5 a 7 de dezembro em um hotel em Fortaleza, no Ceará.

”Eu sou obrigada a beijar mulheres? E postar ainda? Para com isso. Pelo amor de Deus, não vem a fiscalização da bissexualidade aqui”, desabafou.

Kéfera foi chamada de bissexual de Taubaté, em uma comparação com a falsa grávida de quadrigêmeos.

“Chorem, xinguem, esperneiem, façam o que vocês quiserem. Está vendo porque a gente fala que bissexual é apagado? Porque vocês querem o tempo inteiro. Eu hein, me deixem em paz”, disparou.

A atriz disse que não se importa em ser xinga e o grande passo na vida dela foi ter assumido publicamente sua bissexualidade. “Para eu ter paz de espírito e eu poder me sentir livre de uma vez por todas. E se eu, de fato, quiser pegar alguém publicamente, eu pego.”

Apesar de Kéfera não ter sido vista beijando mulheres, um vídeo compartilhado nas redes sociais mostra ela tentando beijar a ex-BBB Kerline Cardoso, que parecia não entender o que estava acontecendo.

Últimas Noticias

Rapaz morto no Rio Vermelho teria reagido a assalto

Um rapaz identificado como Tailan Santos de Souza foi morto na noite de quarta-feira (26/01), no bairro do Rio...