CGU recupera R$ 1,8 bilhão em acordos de leniência em 2021

A Controladoria-Geral da União (CGU) fechou cinco acordos de leniência em 2021. As negociações deste mecanismo de combate à corrupção resultaram na recuperação de R$ 1,8 bilhão aos cofres públicos. Os dados foram repassados pelo ministro da CGU, Wagner Rosário, durante entrevista ao programa Brasil em Pauta, da TV Brasil. Segundo Rosário, mais dois acordos ainda podem ser fechados até o fim deste ano. Outros 24 estão em andamento. “Isso traz um nível de recuperação jamais visto na administração pública”, disse.

O trabalho de fiscalização da CGU também resultou na demissão de 445 servidores públicos corruptos. Desde 2003, quando a controladoria foi criada, já se somam cerca de 8500 servidores demitidos.

No programa, o ministro falou também sobre o trabalho preventivo realizado pela CGU com a disseminação, em órgãos públicos e empresas, de programas de integridade – criados para detectar, prevenir e solucionar casos de corrupção. Segundo ele o problema deve ser enfrentado não só com leis e operações, mas na disseminação dos princípios de integridade para toda a sociedade.

Últimas Noticias

Avaliados em R$ 400 mil, tabletes de maconha e cocaína são apreendidos em Feira de Santana

Avaliados em R$ 400 mil, 64 quilos de maconha e sete de cocaína foram apreendidos por integrantes das Rondas...