Karina Bacchi abandona carreira por considerar cenas íntimas como adultério

Evangélica, Karina Bacchi abandonou a carreira de atriz. A ex-global , que participou de diversas novelas, a exemplo de “Da Cor do Pecado”, e“Agora É que São Elas”, considera determinadas cenas como adultério.

Segundo sua interpretação da Bíblia, seria conflitante uma mulher casada interpretar cenas de intimidade com outro homem.
 
“Uma atriz casada que vai interpretar uma cena onde ela vai ter que beijar, abraçar, aquilo não é considerado adultério? Mesmo se for uma novela bíblica, não estaria indo contra o que a Bíblia diz, mesmo que seja para demonstrar um fato histórico?”, questionou Bacchi durante conversa no canal Positivamente Podcast, no YouTube, com o pastor Rodrigo Silva.

“Isso é algo que me conflitou demais e eu deixei a minha carreira por conta, não só da Bíblia, mas que eu não me sentia mais à vontade em estar atuando, mesmo sabendo que aquilo não era eu, mas um personagem. Eu deixei de atuar por opção, por escolha, por causa disso!”, disse a ex-atriz.

Últimas Noticias

Brasil tem 106 casos de varíola dos macacos confirmados

O Brasil tem 106 casos confirmados de varíola dos macacos (Monkeypox), segundo levantamento do Ministério da Saúde. A maioria...