Agente penitenciário atende campainha de casa e é morto

O agente penitenciário Ronaldo Soares dos Santos foi morto em Praia Grande, no litoral de São Paulo, no início da tarde de sábado (25/12). Ele foi atingido por tiros logo após atender a campainha de sua casa e chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

De acordo com o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), o caso ocorreu por volta das 13h, em um imóvel localizado na Rua Otacília da Luz Brasil, no bairro Ocian. Criminosos armados e encapuzados foram até a casa da vítima, tocaram a campainha e, assim que ela atendeu, atiraram várias vezes.

De acordo com o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), o caso ocorreu por volta das 13h, em um imóvel localizado na Rua Otacília da Luz Brasil, no bairro Ocian. Criminosos armados e encapuzados foram até a casa da vítima, tocaram a campainha e, assim que ela atendeu, atiraram várias vezes.

Os bandidos fugiram em dois veículos. Segundo a PM, Ronaldo foi socorrido por um parente até o pronto-socorro Quietude, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Uma equipe da PM foi acionada para atender a ocorrência e preservar o local do crime até a chegada da perícia da Polícia Científica.

Últimas Noticias