DTE apura origem e destino de drogas apreendidas pela PRF em Feira de Santana

A Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) de Feira de Santana iniciou as investigações para apurar a procedência da carga com duas toneladas de maconha apreendida pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), no sábado (25/12).

Segundo o titular da DTE, delegado Deivid Lopes de Oliveira, informações preliminares dão conta de que os entorpecentes seriam levados para outros estados. “Só com as investigações poderemos confirmar as informações de origem e descobrir quantas pessoas estão envolvidas nessa carga”, contou.

O motorista, flagrado com as drogas durante uma blitz da PRF, acabou autuado pela Polícia Civil por tráfico de drogas. Já os entorpecentes serão incinerados após autorização judicial.

Últimas Noticias

Moradora de Candeias ganha R$ 100 mil da Nota Premiada Bahia no primeiro sorteio do ano

A campanha de cidadania fiscal Nota Premiada Bahia, do Governo do Estado, acaba de divulgar o resultado do primeiro...