Escolas estaduais prestam assistência às vítimas das enchentes na região sul da Bahia

Com o objetivo de ajudar as vítimas das enchentes ocasionadas pelas fortes chuvas ocorridas nos últimos dias em municípios da região sul da Bahia, diversas escolas estaduais estão servindo de abrigo e prestando assistência. Dentre as ações realizadas, destacam-se arrecadações de alimentos, roupas, agasalhos e materiais de higiene; além de preparação e distribuição de refeições para garantir o conforto e a segurança das famílias desabrigadas. Outras unidades estão funcionando como centros de coleta de doações e como base das coordenações para resolução de crises e para o apoio das equipes dos Corpos de Bombeiros.

No Colégio Modelo, em Ilhéus, 39 pessoas estão abrigadas recebendo assistência e doações como quentinhas, roupas e produtos de higiene. Dentre eles, está Mônica Barreto, 43, que além de receber assistências, também está atuando como voluntária. “Fui muito bem acolhida pela escola e faço questão de colaborar. Estou cozinhando, ajudando na limpeza dos espaços e cuidando das crianças”, afirmou.

Em Itabuna, cerca de 200 pessoas estão sendo assistidas no Colégio Modelo, tendo todo o suporte necessário. O Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) em Biotecnologia e Saúde também está preparado para receber as pessoas desabrigadas. Além da preparação das refeições, a unidade montou uma sala para atendimento em saúde, com uma equipe de profissionais da própria instituição composta por enfermeiros, biomédicos e farmacêuticos.

Domingos Lima, 65, disse que perdeu grande parte dos móveis da sua casa e está abrigado no CEEP juntamente com a esposa Vanete Monteiro, 59. “Agradeço muito a todos que estão nos ajudando neste momento difícil. Estamos tendo uma ótima assistência aqui no colégio. Já recebemos doação de roupas e a alimentação servida é muito boa”, comentou.

Nos municípios pertencentes aos Núcleo Territorial de Educação de Itapetinga (NTE 08), as escolas também estão à disposição e prestando assistência, a exemplo do Colégio Polivalente de Itambé, em Itambé, que está abrigando 119 pessoas; entre adultos, crianças e idosos; além do Colégio Polivalente de Itapetinga, em Itapetinga; e do Centro Territorial de Educação Profissional (CETEP) do Médio Sudoeste da Bahia, em Itororó. “Todas as nossas 16 escolas do território, dos 13 municípios, estão à disposição das prefeituras para servirem de abrigo”, destacou o diretor do NTE 08, Alécio Chaves.

Últimas Noticias

Ricky Martin não aceita fim de relacionamento com o amante e é suspeito de agressão

O cantor Ricky Martin está sendo acusado de violência doméstica, em Porto Rico, contra um suposto amante. Casado há...