Gilberto Gil faz reflexão: “Continuamos conservadores, reacionários por vezes”

O cantor e compositor baiano Gilberto Gil publicou um texto com uma reflexão sobre os dias atuais e também desejou um feliz 2022. Gil critica as desigualdades escancaradas e sem citar a pandemia da covid-19 e as enchentes na Bahia, fala sobre situações adversas. O texto também provoca “conservadores, reacionários”. Leia abaixo:

A humanidade continua parecida com o que ela tem sido sempre. Um conjunto de seres com personalidades, individualidades, reações variadas aos estímulos da vida e do mundo. Cultivos variados de valores, níveis diferentes de consideração a esses valores, transpassados pelas religiões e filosofias. Nós, os homens, somos pecadores e estamos sempre entre a virtude e o pecado. Numa situação de pressão mais aguda, acerca do que somos e o que devemos ser, essa dimensão da realidade fica mais evidente. Em alguns aspectos há progressos nas relações sociais, mas em outros aspectos não. Continuamos conservadores, reacionários por vezes. No aspecto da solidariedade, que neste momento seria mais exigida, existem aqueles que reagem melhor e outros, pior. Desigualdades foram escancaradas. Há um descompasso muito grande entre as possibilidades de uns e as de outros. O modo como os mais pobres são mais afetados. Ao mesmo tempo, o esforço de avançar continua. Um evento dramático e drástico ajuda a humanidade a fortalecer o seu desejo de querer ir mais à frente e encontrar formas de amparar os mais necessitados. A esperança geral é que nós tenhamos condições de avançar em relação a um padrão genericamente aceito de nos relacionarmos. Que possamos melhorar. #GilbertoGil

Feliz ano novo para todos!!!

Últimas Noticias

Operação prende três pessoas por comercialização de produtos contrabandeados em Paulo Afonso

Uma operação realizada na tarde desta quarta-feira (25) em Paulo Afonso prendeu três pessoas em flagrante por conta da...