Rodoviários demitidos fazem novo protesto na Lapa por pagamento de indenização

Rodoviários que foram demitidos após a extinção do Consórcio Salvador Norte (CSN) realizaram um protesto nas imediações da Estação da Lapa, no final da manhã desta terça-feira (18/01). O grupo cobra o pagamento de indenização e os direitos trabalhistas.

A Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) disse que os veículos ficaram parados em frente ao terminal e passageiros precisaram saltar dos veículos e caminhar até a estação. O ato provocou um grande congestionamento na região.

Parte dos profissionais foi admitida pelos dois consórcios em operação na capital baina (OTTrans e Plataforma) e uma outra não. Além disso, essas pessoas também não receberam os pagamentos que tinham direito.

“Ainda não recebemos rescisão e Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Estamos aqui até que a prefeitura se sente à mesa de negociação e diga quando esses valores vão ser pagos. Já se vão quatro meses, e nada. Muitos de nós estamos passando necessidade”, disse ao G1, Jutahy Andrade, um dos rodoviários demitidos.

A Secretaria de Mobilidade de Salvador(Semob) informou que desde o primeiro momento do impasse tem atuado para que a situação fosse resolvida e lembrou que o pagamento das verbas trabalhistas é de responsabilidade da CSN.

Últimas Noticias

Ministério da Economia mantém previsão do PIB em 1,5%

O governo federal alterou para cima a previsão da inflação deste ano. O Índice de Preços ao Consumidor Amplo...